02:47 25 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Michel Temer durante pronunciamento

    Milhares de brasileiros invadem página do G20 no Facebook para protestar contra Temer

    Beto Barata/PR
    Brasil
    URL curta
    51610

    Michel Temer passou 4 dias na China logo após ser empossado como presidente, mas mesmo no outro lado do mundo não pôde se livrar das manifestações contra o seu governo. Em ação espontânea de milhares de brasileiros, a página oficial da Cúpula do G20 no Facebook foi completamente tomada por comentários, memes e “vomitaços” contra o golpe.

    Brasileiros contra Temer ocupam página do G20 na China
    Facebook/G20China
    Brasileiros contra Temer "ocupam" página do G20 na China

    A primeira coisa que chama a atenção na página, escrita em inglês, é que a maioria esmagadora dos comentários, independente do assunto ou do teor das publicações oficiais, contém algum tipo de alusão à situação política no Brasil, seja por imagens, palavras de ordem, hashtags ou emoticons de carinhas vomitando.

    Brasileiros denunciam golpe na página oficial do G20 na China
    Brasileiros denunciam golpe na página oficial do G20 na China

     

    Só na foto em que Temer aparece com o líder chinês, Xi Jinping, já são mais de 190 mil comentários, que vão desde o clássico “Fora, Temer” a textos em inglês denunciando a ilegitimidade do governo, passando por fotos em homenagem à presidenta afastada Dilma Rousseff.

    Comentários na foto de Xi Jinping e Michel Temer no G20
    Facebook/G20China
    Comentários na foto de Xi Jinping e Michel Temer no G20

    Mais:

    Temer embarca de volta ao Brasil, após participar da cúpula do G20 na China
    Serra discute energia limpa e redução de barreiras no comércio internacional no G20
    Anúncio oficial do G20 omite nome e cargo de Temer
    G20: três temas principais da declaração de Hangzhou
    Tags:
    vomitaço, protestos, ForaTemer, página oficial, Facebook, G20, Xi Jinping, Michel Temer, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar