02:56 26 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, na 4 Conferência de Políticas Para as Mulheres, Brasília, Brasil, 10 de maio de 2016

    Day after: a ressaca do impeachment nas redes sociais

    © AFP 2019 / EVARISTO SA
    Brasil
    URL curta
    1031

    Dilma Rousseff foi afastada em definitivo da presidência da República após a aprovação do seu impeachment pelo Senado Federal. A notícia, embora já anunciada, chocou boa parte da população do Brasil, que utilizou hoje as redes sociais para se manifestar sobre o caso.

    Militantes insatisfeitos com o governo de Michel Temer, o qual eles julgam ser ilegítimo, não mediram palavras para descrever o seu estado de tristeza diante do que afirmam ser um golpe contra a democracia brasileira. 

    Demonstrando até certo pessimismo com a nova situação.

    Adjetivos como golpistas, canalhas e usurpador foram alguns dos mais utilizados pelos indignados.

    E a imprensa, acusada de conspirar com os responsáveis pelo impeachment de Dilma, também foi lembrada. 

    Apesar do entorpecimento coletivo, houve também muitos que reagiram de maneira enérgica à decisão dos senadores, sem se deixar levar pela ressaca. 

    Muitos internautas preferiram falar em luta e resistência, sobretudo nas ruas, seguindo o discurso dado ontem por Dilma Rousseff após a sua saída.

    Assim como ontem, movimentos sociais e ativistas prometeram mais uma grande onda de protestos nesta quinta-feira contra o novo presidente e seus aliados.

    Mais:

    Dilma recorre ao Supremo e pede anulação do impeachment
    Moody's: impeachment de Dilma pode dificultar reformas econômicas
    Joaquim Barbosa classifica o impeachment de 'tabajara' e agita o Twitter
    Tags:
    ressaca, impeachment, manifestação, protestos, Michel Temer, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar