01:08 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Votação na Câmara dos Deputados

    Câmara aprova primeira medida provisória de Temer que faz Reforma Administrativa

    Gilmar Felix/Câmara dos Deputados
    Brasil
    URL curta
    421603

    A Câmara dos Deputados aprovou em votação que se estendeu até a madrugada desta terça-feira (30) a primeira medida provisória editada pelo presidente interino Michel Temer, desde que Dilma Rousseff foi afastada da presidência devido ao processo de impeachment.

    A Medida Provisória diz respeito a reforma administrativa, propondo a reorganização da estrutura do governo federal.

    Conforme o texto, por exemplo, as políticas para as mulheres e questões relacionadas à igualdade racial e a direitos humanos passam a ser de responsabilidade do Ministério da Justiça, que se chamará Ministério da Justiça e Cidadania. Já a Previdência Social será incorporada ao Ministério da Fazenda, a Controladoria-Geral da União se transforma em Ministério da Transparência e o Ministério das Comunicações é extinto e fará parte do novo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações.

    Criticando as mudanças, o líder da Rede, deputado Alessandro Molon, acredita que as alterações vão prejudicar as minorias.

    "Eu me refiro aqui aos negros, aos afrodescendentes, que são maioria da população brasileira, embora sub-representados nessa Casa, eu me refiro às mulheres, que são maioria da população brasileira, embora sub-representadas nessa Casa, eu me refiro à luta pelos direitos humanos, eu me refiro à luta pela ciência e tecnologia no nosso país, eu me refiro ao desenvolvimento agrário num país que até hoje não fez reforma agrária."

    Já o deputado Pauderney Avelino, líder do DEM, acha que a medida não é suficiente e que é preciso cortar mais gastos do governo.

    "Neste momento nós temos que aprovar esta medida provisória e vamos trabalhar para reduzir ainda mais o número de ministérios e demitir todos aqueles que sem mérito ganharam cargos e estão aí na boa vida, sem trabalhar e atrapalhando o país."

    Na mesma sessão também foi aprovada a última medida provisória editada por Dilma Rousseff antes de ser afastada. A medida trata da emissão de dois certificados voltados para a área agrícola, que corrigidos pela variação cambial de moedas estrangeiras, visam garantir o financiamento externo para o agronegócio. As duas Medidas Provisórias seguem agora para a análise do Senado.

    Tags:
    reforma administrativa, reorganização, aprovada, medida provisória, votação, Câmara dos Deputados, Michel Temer, Brasil, Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik