10:04 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Petroleiros Temer

    Em campanha salarial, petroleiros intensificam resistência ao governo Temer

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    410210

    Assim como outras categorias profissionais, os petroleiros também acompanharam o quinto dia de julgamento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, que dedicou a terça-feira a ouvir argumentos de defesa e acusação. E a disposição é de aumentar as manifestações contra o governo interino.

    Para o coordenador da Federação Nacional dos Petroleiros e do Sindipetro-RJ, Emanuel Cancela, a tendência é que a rejeição ao governo Temer se amplie e se manifeste nas eleições municipais de outubro.

    "As pesquisas feitas agora nas eleições municipais apontam que em todos os municípios predomina o ‘Fora Temer’, a rejeição ao Temer, e esse movimento cresce a cada dia e só se sustenta (o governo interino) por conta da mídia que, diferentemente do que fazia no governo Dilma, escondia as coisas positivas e fortalecia e até mesmo criava coisas negativas."

    Cancela diz que o dispositivo de impeachment tem que existir sempre na Constituição, mas tem que ter fundamento e motivado.

    "O crime que diziam que Dilma tinha cometido, os próprios peritos do Senado disseram que não houve pedalada. Na verdade é um julgamento político."

    Quanto à estratégias futura, na hipótese de um afastamento definitivo da presidente Dilma, Cancela diz que o espírito será de enfrentamento.

    "Estamos engajados na Frente Brasil Popular, na Povo  sem Medo e na chamada Terceira Via, o setor mais à esquerda agora (PSTU, parte do PCB e parte do PSOL), e estamos todos juntos no mesmo palanque. A luta do ‘Fora Temer’ é de todo o movimento popular, social, organizado. Estamos unidos, inclusive discutindo nossa greve unificada. Todo esse julgamento, toda essa crise não se encerra agora. Estamos trabalhando para barrar o golpe no Senado e no pós votação. Essa luta vai continuar cada vez mais forte para desmascarar os golpistas."

     

    Mais:

    Petroleiros: venda de ativos da Petrobras é passo inicial para privatização
    Impeachment: TCU diz que análise de processo foi técnica e imparcial
    Tags:
    petroleiros, protestos, impeachment, mobilização, Frente Povo Sem Medo, Frente Brasil Popular, PSTU, Senado, PSOL, Michel Temer, Dilma Rousseff, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik