10:15 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Dilma impeachment

    Coletivos de brasileiros no exterior protestam contra impeachment

    Valter Campanato/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    440

    Quarenta e um coletivos de brasileiros que vivem no exterior enviaram hoje (25) uma carta ao Senado para se manifestar contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, que eles classificam como golpe.

    Na carta, os coletivos pedem que os senadores respeitem o voto da maioria dos brasileiros que reelegeu Dilma Rousseff em 2014. Eles argumentam que no dia 27 de junho a perícia técnica dos documentos do processo, feita pelo Senado, comprovou que a presidenta afastada não participou das pedaladas fiscais, crime pelo qual está sendo acusada.

    Os coletivos anunciaram que vão fazer uma vigília pela democracia na porta das embaixadas brasileiras em 20 países: Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Chile, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Itália, México Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e Uruguai.

    A carta também cita os nomes dos políticos, acusados de corrupção no escândalo da Operação Lava Jato.

    Além de divulgar a carta à imprensa, esses grupos de brasileiros no exterior organizaram um twitaço com o hashtag #senadovotenao.

    Mais:

    União de Estudantes acusa mídia de ter preparado clima para impeachment
    Para CUT, objetivo principal do impeachment é desmontar o Estado brasileiro
    Especialista: 'Impeachment é irreversível'
    Tags:
    carta, protesto, impeachment, Senado, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik