11:02 24 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Transporte Olimpiada

    Transporte urbano será um dos legados dos Jogos Olímpicos no Rio

    Tomaz Silva/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    2 0 0

    Depois do sucesso do cartão RioCard Jogos Rio 2016, que chegou a registrar um milhão de acessos por dia no metrô e 700 mil passageiros por dia no sistema BRT, o governo do Estado e a prefeitura estudam criar um cartão semelhante para o transporte público, que permita a integração entre os diversos modais como metrô, ônibus, VLT e BRT.

    O secretário executivo de Coordenação do Governo, Rafeal Picciani, disse que a intenção é manter o modelo mesmo depois dos Jogos Paralímpicos, que começarão em 7 de setembro.

    "É um produto que se mostrou eficaz para o visitante e permitiu que muita gente explorasse nossa cidade para além das rotas turísticas mais conhecidas. É um ganho também de legado para a cidade."

    O secretário estadual de Transporte, Rodrigo Vieira, disse que, por enquanto, não está definido se as barcas estarão incluídas ness modal, mas a realidade comprovou que pelo trânsito de passageiros entre Rio e Niterói, durante os jogos, faz todo o sentido incluir as barcas.

    A avaliação da prefeitura e do governo do Estado é que o sistema de deslocamento do público para os diversos locais de competição funcionou bem. Picciani admitiu, porém, que houve alguns problemas de deslocamento no primeiro dia de competições, o que era esperado, mas, segundo ele, a resposta a esses problemas foi rápida.

    Mais:

    Pesquisa afirma que turistas nacionais e internacionais aprovaram os Jogos Rio 2016
    Momentos curiosos da Rio 2016 e sua repercussão nas redes sociais
    Tags:
    turistas, tarifas, passagem, metrô, mobilidade urbana, VLT, ônibus, transporte, Prefeitura do Rio de Janeiro, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Rafael Picciani, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar