06:43 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A concessionária que administra o Aeroporto Internacional Rio Galeão/Tom Jobim, no Rio de Janeiro, está pedindo aos passageiros de voos internacionais com embarques marcados para os dias 21, 22 e 23 para que cheguem aos terminais de embarque com até seis horas de antecedência em relação aos horários de partida dos aviões.

    O objetivo é desafogar o intenso fluxo de passageiros, principalmente os que vieram ao Rio em função das Olimpíadas que terminam neste domingo, 21. De acordo com o gerente de operações da concessionária, Carlos Rodriguez, a próxima segunda-feira (22) deve registrar movimento recorde em toda a história do aeroporto, que em dias normais recebe cerca de 40 mil passageiros. A expectativa é que até 85 mil pessoas passem pelo local e que cerca de 28 mil bagagens sejam despachadas.

    Um esquema de check-in remoto foi montado na Vila Olímpica para atender aos cerca de 7 mil atletas e integrantes de delegações, o que, segundo Rodriguez, será vital para garantir o sucesso da operação. “Conseguimos colocar 65 balcões de check-in espalhados pela Vila dos Atletas, que serão abertos a partir de domingo.”

    Ainda de acordo com Carlos Rodriguez, “as empresas aéreas farão uma força-tarefa para que os balcões de check-in funcionem a partir das 6 horas da manhã até o último voo. Devem ser registrados 430 movimentos de aeronaves no pátio, sendo 46 voos Charter, com mais de 350 passageiros.

    Juan Martín del Potro, tenista argentino vice-campeão olímpico
    © AFP 2021 / Martin BERNETTI
    O momento mais crítico da operação está previsto para as 19 horas de segunda-feira, segundo o gerente. “Haverá cerca de 23 grandes aeronaves de grande porte, além das aeronaves domésticas. Teremos uns 70 aviões estacionados nos pátios do Galeão.”

    Outro fato inédito da próxima segunda-feira no Galeão será a chegada da maior aeronave comercial do mundo, o Airbus 380, da delegação francesa, com capacidade para 540 passageiros. O avião será recebido no pátio com tradicional batismo de primeiro pouso em aeroporto, com jatos de água jogados pelos bombeiros.

    Mais:

    Prefeitura impede protesto de ONG contra legado olímpico no Rio
    Medalhistas de ouro russas e Isinbayeva cantam Hino da Rússia no Rio de Janeiro
    Os maiores micos dos Jogos Olímpicos no Rio
    Atletas do Time Olímpico de Refugiados são imortalizados em mural no Rio
    Tags:
    aeroporto, Galeão, Rio 2016, Carlos Rodriguez, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar