23:48 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    A Polícia está à procura do nadador James Feigen

    Justiça determina busca e apreensão dos passaportes dos nadadores americanos

    Reprodução Twitter
    Brasil
    URL curta
    Detenções durante Rio 2016 (18)
    9 0 0
    Nos siga no

    A juíza Keyla Blacn De Cnop, do Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos expediu mandados de busca e apreensão dos passaportes dos nadadores americanos Ryan Lochte e James Feigen, que afirmaram terem sido assaltados depois de saírem de uma festa na Zona Sul no último domingo (14).

    Lochte, no entanto, já saiu do país e está de volta aos Estados Unidos, a Polícia Civil está a procura de James Feigen.

    Na manhã desta quarta-feira (17), os investigadores foram até a Vila Olímpica, na Zona Oeste do Rio, mas Feigen não estava mais hospedado no local.

    A Polícia já fez um alerta a Delegacia da Polícia Federal do Aeroporto Internacional Tom Jobim, para impedir que o atleta também deixe o Brasil.

    De acordo com a assessoria do Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos, a juíza sinalizou possíveis divergências nos relatos dos nadadores. 

    A magistrada destaca que "em depoimento à Polícia Civil, o atleta Ryan Steve Lochte afirma que os esportistas teriam sido abordados por um assaltante, que exigiu a entrega de todo o dinheiro (US$ 400). Já em outro depoimento, o nadador James Ernst Feigen contou que os atletas foram surpreendidos por alguns assaltantes, mas que apenas um deles estava armado."

    A operação desta quarta-feira para apreender os passaportes dos atletas ocorreu após a divulgação de imagens de câmeras de segurança pelo jornal britânico Daily Mail, que contradizem a versão dos nadadores. As imagens mostram os atletas da natação americana chegando à Vila Olímpica, por volta das 6h50 e colocando pertences, como carteiras e celulares, nas caixas para passar pelo detector de metais de acesso aos alojamentos dos atletas. Nas imagens, Lochte chega a brincar com o colega Feigen batendo a credencial na cabeça do atleta.

    A juíza Keyla Blacn De Cnop estranhou o comportamento dos atletas na chegada à Vila Olímpica, no domingo, após terem participado da festa na Zona Sul do Rio e do assalto.

    "Percebe-se que as supostas vítimas chegaram com suas integridades físicas e psicológicas inabaladas, fazendo, inclusive, brincadeiras uns com os outros", afirma a magistrada, com base nos registros das câmeras de segurança da Vila Olímpica.

    Para a Polícia, Ryan Lochte e James Feigen contaram que estava alcoolizados naquele dia, por isso não lembravam detalhes do assalto. A Polícia também estranhou o fato de que nas imagens os atletas chegaram muito calmos à Vila Olímpica e não pareciam bêbados como disseram. A Polícia ainda quer ouvir os outros dois nadadores. Dois agentes do FBI acompanham as investigações.

    Tema:
    Detenções durante Rio 2016 (18)
    Tags:
    investigações, assalto, buscas, nadador, Polícia Civil, Ryan Lochte, James Feigen, EUA, Brasil, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar