02:21 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    2258
    Nos siga no

    O treinador do atleta francês, Renaud Lavillenie, medalhista de prata no salto com vara na última segunda-feira (15), declarou que a vitória do brasileiro Thiago Braz pode estar relacionada a "forças místicas, talvez as do candomblé".

    "Thiago conseguiu um salto de 6,03m. Ele pode ter contado com a ajuda de forças místicas, talvez as do candomblé", afirmou Philippe d'Encausse, em entrevista ao jornal francês Le Monde.

    Segundo ele, "o Brasil é um país bizarro". 

    Renaud Lavillenie ficou com o segundo lugar após saltar 5,98m, cinco centímetros a menos que o brasileiro Thiago Braz, que garantiu o primeiro ouro masculino na história do salto com vara e ainda quebrou o recorde olímpico.

    Nas redes sociais, o atleta francês fez duras críticas ao comportamento do público no Engenhão (Estádio Olímpico).

    Ele reclamou das vaias e chegou, inclusive, a se comparar com Jesse Owens, o lendário velocista negro americano que fez história nos Jogos de Berlim de 1936 ao confrontar a "supremacia ariana" de Adolf Hitler.


    Tema:
    Rio 2016 (253)

    Mais:

    Thiago Braz conquista segundo ouro do Brasil nas Olimpíadas
    Boxeador Evgeny Tishchenko conquista mais um ouro para a Rússia
    Com prata garantida, Boxe do Brasil vai em busca do ouro
    Rafaela Silva ganha primeiro ouro para o Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar