17:06 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Ivo Pitanguy no Rio do Janeiro (RJ)

    Academia Brasileira de Letras decreta luto oficial de três dias por Ivo Pitanguy

    Rio 2016-André Luiz Mello
    Brasil
    URL curta
    0 18701

    Em nota publicada em sua página na internet, a Academia Brasileira de Letras (ABL) decretou luto de três dias pela morte do cirurgião plástico e acadêmico Ivo Pitanguy, que morreu aos 93 anos, de parada cardíaca, em sua casa na zona sul do Rio, no sábado, 6 de agosto de 2016.

    De acordo com a nota oficial da Academia Brasileira de Letras, "Ivo Pitanguy era uma presença brasileira em todo o mundo, um amigo fraterno, um acadêmico sempre participativo na ABL, uma raríssima figura humana, aberta plenamente à doação dos seus saberes e de sua alta competência.”

    Na sexta-feira, 5, dia da abertura oficial dos Jogos Rio 2016, na última aparição pública, o cirurgião plástico participou do revezamento da tocha olímpica no bairro da Gávea.

    ​A determinação para o luto de três dias, com o hasteamento da bandeira da ABL a meio-mastro no período, foi dada pelo Presidente da academia, Professor Domício Proença Filho, que se encontrava em missão oficial aos Estados Unidos.

    O corpo de Pitanguy será velado a partir das 13 horas deste domingo, no Cemitério Memorial do Carmo, na zona portuária da cidade, e cremado por volta das 18 horas.

    Com uma carreira internacional de sucesso, Ivo Pitanguy atendeu a personalidades do mundo inteiro, além de prestar serviços a pessoas simples que buscavam sua ajuda em problemas graves e que necessitavam, muitas vezes, de intervenções delicadas. No aspecto filantrópico, Ivo Pitanguy também se destacou por ter criado, na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, a 38ª Enfermaria, na qual o cirurgião plástico e sua equipe atendiam pessoas sem recursos financeiros, necessitadas de intervenções reparadoras.

    ​O cirurgião plástico se destacou também como escritor, tendo sido eleito em 11 de outubro de 1990 para ocupar a cadeira 22 da ABL, que tem como patrono José Bonifácio.

    Nascido em Belo Horizonte, em 5 de julho de 1923, Pitanguy deixa a mulher Marilu Nascimento, com quem era casado desde 1955, além de quatro filhos (Ivo, Gisela, Helcius e Bernardo) e cinco netos.

    Mais:

    Morre, aos 90 anos, o cirurgião plástico Ivo Pitanguy
    Tags:
    escritor, Tocha Olímpica, velório, morte, cirurgião, luto, Academia Brasileira de Letras, Ivo Pitanguy
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik