11:37 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Forças Armadas assumem as ruas do Rio nos Jogos Olímpicos

    Segurança Jogos Rio 2016: 'Acho que nós passamos no teste', avalia Ministro da Defesa

    Clarice Castro/GERJ
    Brasil
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    222903

    O Ministro da Defesa Raul Jungmann reuniu a imprensa neste domingo (7) para fazer um balanço da eficácia do esquema de segurança nos primeiros dias dos Jogos Rio 2016. Na avaliação de Jungmann até agora a segurança das Olimpíadas é um sucesso.

    O Ministro da Defesa ressaltou principalmente o patrulhamento no dia da abertura dos Jogos no estádio do Maracanã, na última sexta-feira (5), que era mais delicado por conta da circulação de 45 chefes de Estado e atletas no trajeto até o local da cerimônia, mas de maneira geral Raul Jungmann afirmou para a imprensa que o patrulhamento funcionou muito bem.

    "Com (uma ocorrência) aqui e ali, dada a complexidade, mas eu diria que funcionou muitíssimo bem. Dada a complexidade operacional e de segurança que nós tivemos, acho que nós passamos no teste e até aqui vamos indo. Deus permita, fazer uma figa aqui, que nós continuemos com esse desempenho até o último dia."

    A operação de segurança para a cerimônia de abertura dos Jogos no Rio reuniu o transporte das autoridades e delegações em cerca de 700 ônibus, envolveu mais de mil batedores da Polícia Rodoviária Federal, e mais de 10 mil homens das Forças Armadas, incluindo atiradores de elite.

    Ao ser questionado sobre a bala perdida que atingiu neste sábado (6) o teto de lona do Centro de Imprensa de Hipismo no Parque Olímpico de Deodoro, na Zona Oeste da cidade, o Ministro Raul Jungmann disse que o evento está sendo investigado. Jungmann afirmou que o tiro não partiu do estande de tiros do local, mas sim de uma das comunidades que rodeiam a região. Para o Ministro da Defesa, como drones e  um balão sobrevoavam a área, é possível que algum traficante tenha atirado por estar se sentindo vigiado. 


    Tema:
    Rio 2016 (253)
    Tags:
    Jogos Rio 2016, balanço, segurança, Ministério da Defesa, Raul Jungmann, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik