21:21 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Hassan Saada pós treino no Rio

    Atleta marroquino é preso na Vila Olímpica do Rio por suspeita de estupro

    Yuri Cortez/AFP
    Brasil
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    129011

    Foi preso na manhã desta sexta-feira (5), o atleta marroquino de boxe Hassan Saada, de 22 anos, acusado de estupro a duas camareiras brasileiras dentro da Vila dos Atletas, na última quarta-feira (3).

    A prisão temporária de Hassan foi decretada pelo Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos, após provas serem reunidas em investigações realizadas pela Polícia Civil.

    O atleta que ia competir neste sábado (6), na categoria meio-pesado (até 81 quilos), com o tuco Mehmet Nadir Unal, está fora da competição. Hassan Saada teve a prisão decretada por 15 dias.

    De acordo com a Polícia, no dia do suposto crime o atleta chamou as camareira com se fosse pedir informação, mas quando ela entraram em seu quarto para verificar o que o boxeador queria, Hassan teria as atacado, passando a mão pelo corpo das mulheres.

    Dois outros atletas estavam no quarto, mas nada fizeram. As camareiras conseguiram se soltar e fugiram do quarto.

    O Comitê Rio 2016 está ciente da prisão e disse que está à disposição para ajudar nas investigações do caso. O boxeador foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do Recreio dos Bandeirantes (42ª DP).

    Tema:
    Rio 2016 (253)
    Tags:
    assédio sexual, preso, Jogos Rio 2016, Jogos Olímpicos, boxeador, Comitê Rio 2016, Hassan Saada, Brasil, Marrocos, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik