09:10 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Produção de presunto em uma fábrica (Imagem ilustrativa)

    Conar abre processo contra Sadia por presunto Luís Augusto

    © AFP 2017/ CESAR MANSO
    Brasil
    URL curta
    336310

    O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu um processo após receber mais de 130 queixas de pessoas que se sentiram ofendidas com uma propaganda da Sadia que associa o nome Luís Augusto a um presunto sem qualidade e pouco vendido.

    O comercial, lançado no último dia 15, mostra uma consumidora conversando com um vendedor sobre a diferença entre o produto da marca Sadia e o de outra marca, apelidado de Luís Augusto e descrito como feio e indigno de ser levado. Segundo as reclamações, a campanha estimula o bullying contra pessoas que têm o mesmo nome do presunto. 

    Embora o processo tenha sido aberto quatro dias depois do lançamento do vídeo, o julgamento, de acordo com o Conar, citado pelo G1, só deve acontecer em setembro. Durante esse período, a propaganda poderá continuar no ar, assim como as brincadeiras com os "Luizes Augustos" e a pressão contra a Sadia nas redes sociais. 

    Apesar do processo e das reclamações, a marca continua insistindo na defesa da brincadeira. Nesta terça-feira a Sadia decidiu mandar mais um recado aos "Luizes Augustos" de plantão, com um novo vídeo polêmico compartilhado em seu Twitter.

    Mais:

    Obama ganha presunto de presente na Espanha
    Pode descobrir quais destas 'luas cheias' são na verdade fatias de presunto?
    Tags:
    comercial, propaganda, presunto, Conar, Sadia, Luís Augusto, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik