16:56 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Manifestação em favor da democracia em SP

    Domingo é marcado por atos 'Fora Temer' 'Fora Dilma'

    Paulo Pinto / Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    22171

    Manifestações “Fora Temer” e “Fora Dilma” ocorrem em todo o Brasil neste domingo (31). Manifestações pedindo o afastamento definitivo de Dilma Rousseff foram organizadas em pelo menos 17 estados. Já os protestos contra o governo de Michel Temer ocorrem em 14 estados brasileiros.

    Nas principais cidades do país manifestantes se dividiram em diferentes páreas da cidade para protestar por pautas opostas. No Rio de Janeiro, por exemplo, alguns milhares de manifestantes, acompanhados por quatro carros de som, reuniram-se na parte da manhã em Copacabana para protestar contra o PT, o ex-presidente Lula e a presidente afastada Dilma Rousseff.

    ​Já na parte da tarde, às 15h começou uma manifestação no Centro da cidade contrária ao governo Temer e pedindo a volta de Dilma à presidência. Intitulado “Ato #ForaTemer”, o vento tem cerca de 10 mil pessoas confirmadas nas redes sociais.

    Em São Paulo também houve numerosas manifestações tanto contrárias ao governo de Dilma Roussef, quanto favoráveis ao seu afastamento definitivo.  Manifestantes contrários a Temer, que estavam no Largo da Batata, ocuparam a Avenida Faria Lima nos dois sentidos da pista. Já o protesto contra o PT e Dilma se concentrou na Av.Paulista. 

    Mais:

    Planalto destitui chefe do cerimonial das Olimpíadas por ligações com Dilma
    'É golpe': Defesa de Dilma entrega alegações finais ao Senado
    Dilma diz que não vai ser coadjuvante em Jogos e afirma seguir na luta contra impeachment
    Temer reitera que não será candidato à reeleição
    Temer inaugura linha do Metrô Rio e diz que Jogos revelarão 'capacidade obreira' do país
    Veto de Temer a capital total estrangeiro na aviação brasileira causa polêmica no Senado
    Tags:
    manifestações, protestos, Michel Temer, Dilma Rousseff, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik