17:12 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Comitê entrega para delegações Vila Olímpica dos Jogos Rio 2016, na Barra da Tijuca
    Fernando Frazão/Agência Brasil

    Após polêmica, Comitê finaliza reparos na Vila Olímpica e entrega prédios para delegações

    Brasil
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    0 11
    Nos siga no

    Às vésperas da abertura das Olimpíadas, o Comitê Organizador dos Jogos entregou oficialmente os 31 prédios que vão abrigar as delegações e afirma que a Vila dos Atletas está completamente pronta. O local foi alvo de muitas críticas por problemas na infraestrutura dos apartamentos, localizados na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

    A pior reclamação veio da delegação da Austrália, que apontou problemas na parte hidráulica e elétrica dos apartamentos. Os australianos chegaram a deixar a Vila Olímpica e ir para um hotel, em meio a um certo desentendimento com o prefeito do Rio Eduardo Paes, que também já foi resolvido.

    O Diretor de Operações do Comitê Rio 2016, Rodrigo Tostes reuniu a imprensa na Vila e informou, após admitir problemas,  que os 31 prédios estavam concluídos em definitivo, e que a partir de agora se necessário só vão ser feitos reparos eventuais.

    "Problemas de entupimento, problemas de vazamento, de hidráulica, problemas de energia aconteceram em vários apartamentos sim, nós atuamos e já resolvemos e estamos entregando a Vila toda pronta para os atletas. Segundo todos eles, a melhor Vila que eles já tiveram."

    A Vila Olímpica tem capacidade para receber 17.950 pessoas em 3.604 apartamentos. Com o fim dos reparos, os trabalhadores temporários contratados de emergência para os serviços vão ser dispensados.

    Na quarta-feira (27), o Comitê organizador e empresas terceirizadas que faziam os trabalhos de emergência na vila foram autuados pelo ministério do Trabalho, que alega que 630 funcionários estavam trabalhando na Vila sem registro em carteira. O Ministério do Trabalho denunciou ainda que os empregados estavam realizando turnos ilegais de 23 horas de trabalho. Se as irregularidades forem comprovadas, o Comitê poderá pagar multas de até R$ 315 mil. Rodrigo Tostes afirmou que não houve jornada de 23 horas de trabalho e garantiu que toda a documentação sobre as contratações vai ser entregue ao Ministério do Trabalho. 

    Tema:
    Rio 2016 (253)
    Tags:
    reparos, Jogos Rio 2016, Vila Olímpica, Comitê Rio 2016, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar