11:27 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Alunos do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes desocupam escola onde estavam desde 21 de março

    Greve de professores é suspensa após quase cinco meses no Rio

    Tânia Rêgo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Após uma paralização de quase cinco meses, os professores da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro decidiram suspender a greve e voltar às salas de aula a partir desta quarta-feira (27).

    De acordo com a Agência Brasil, a decisão foi tomada hoje (26) em assembleia da categoria, após negociação intermediada pelo líder do governo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Edson Albertassi (PMDB).

    Para Marcelo Sant´Anna, coordenador-geral do Sindicato dos Profissionais de Ensino do Estado do Rio de Janeiro (SepeRJ), a greve vitoriosa, pois houve avanços na pauta de reivindicações da categoria com o governo, com destaque à eleição para os diretores das escolas.

    “Os profissionais de educação decidiram suspender a greve e entrar em estado de greve para que o governo avance em alguns itens da nossa pauta, que ele faça a publicação de itens que faltam ser regulamentados, como a sanção do projeto de lei de 30 horas para os funcionários administrativos – incluindo os inspetores de alunos –, o enquadramento por formação, e tem que devolver os descontos dos dias do mês de junho feitos no nosso contracheque. Tivemos conquistas históricas, como a eleição para os diretores de escola” – disse Sant´Anna.

    Mais:

    Professores em greve da USP dão 'aulas secretas' para não prejudicar cursos
    Tags:
    suspensão, professores, greve, Marcelo Sant´Anna, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar