10:48 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Cristo Redentor - Rio de Janeiro

    União avalia liberação de R$ 3 bilhões para socorrer o Rio

    Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    0 03

    Após reunião com o governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, o Palácio do Planalto sinalizou a disposição de liberar cerca de R$ 3 bilhões para o estado, que decretou estado de calamidade pública na última sexta-feira (17), em virtude da crise financeira, informou Agência Brasil.

    Depois da reunião com os governadores em que foi selado o acordo para alongamento da dívida dos estados com a União, Dornelles reuniu-se com o presidente interino da República, Michel Temer, e com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para tratar da crise econômica do estado a 46 dias do início dos Jogos Olímpicos.

    O Planalto ainda estuda os mecanismos para liberação do socorro ao Rio de Janeiro, que tem atrasado pagamento de servidores e estima fechar o ano com déficit de R$ 19 bilhões.

    Após anunciar o acordo com os estados para o pagamento da dívida com a União, Meirelles disse que o governo adotará “uma solução complementar” para o Rio de Janeiro.

    Ao justificar o decreto de calamidade pública, o governador em exercício disse que a "grave crise financeira", que impede o cumprimento das obrigações assumidas em decorrência da realização da Olimpíada e da Paralimpíada.

    Mais:

    Especialista: Calamidade pública é mal necessário para garantir dinheiro do Rio 2016
    Paes afirma que Olimpíada está garantida, mesmo com estado de calamidade pública no Rio
    Comitê Organizador: estado de calamidade no Rio não afetará Olimpíada
    Rio decreta estado de calamidade pública para financiar Olimpíadas
    Tags:
    Henrique Meirelles, Michel Temer, Francisco Dornelles, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar