16:41 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Michel Temer durante visita e reunião de trabalho no Parque olímpico no RJ
    Beto Barata/PR

    Temer reafirma ajuda financeira para Jogos Rio 2016 e espera que o evento una brasileiros

    Brasil
    URL curta
    1 0 0

    Em visita as instalações do Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, o presidente interino Michel Temer disse que, frente a crise econômica no Estado, o governo vai dar apoio financeiro para garantir a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

    Na primeira agenda fora de Brasília desde que assumiu o governo, Temer se reuniu com o Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach para saber detalhes sobre a cerimônia de abertura dos Jogos. 

    Em coletiva à imprensa o presidente em exercício chamou a atenção que os holofotes do mundo estarão voltados para o país.

    “Cinco bilhões de pessoas estarão com os olhos voltados para o país. Por isso foi importantíssimo ter vindo aqui com praticamente boa parte do ministério para conhecer as obras e sobre conhecer as obras evidenciar que nós vamos colaborar. Não apenas com palavras, mas também nas necessidades de natureza financeira também para com essas necessidades. Nós fazemos isso com absoluta convicção de que estamos produzindo um fato extraordinário para o Brasil e para o mundo.”

    Temer ressaltou ainda que os Jogos vão ser uma forma de unir novamente o povo brasileiro.

    “Não é de hoje que eu falo em pacificação do país e na unidade do país. O que não podemos mais ter é brasileiros disputando com brasileiros, aliás isso foge a tradição sentimental do nosso povo. Nosso povo sempre teve uma unidade muito grande. Eu acho que as Olimpíadas revelarão precisamente esta possibilidade de reunificação do pensamento nacional.”

    Para o Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro Carlos Arthur Nuzman, a reunião de avaliação, que reuniu Temer e ministros de Estado envolvidos na realização dos Jogos foi muito positiva.

    “Eu adorei a reunião. O presidente foi magnífico. Ele adorou a cerimônia de abertura. Eu não posso contar nada, mas pelo menos fica essa mensagem, e a reunião que ele fez reconhecendo todas as ações, a importância do que está sendo feito e o seu apoio junto com os ministros.”

    O Parque Olímpico é considerado o órgão central dos Jogos Olímpico, 9 grandes arenas foram construídas, em um espaço de mais de 1 milhão de m². No local serão disputadas 26 modalidades olímpicas e paralímpicas. Mais de 40% dos investimentos no Parque Olímpico da Barra vieram do setor público. O governo federal investiu mais de R$ 900 milhões na construção e manutenção de arenas esportivas.

    Nesta quarta-feira (15), a Vila Olímpica, que vai hospedar 15 mil atletas que vão participar dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos foi entregue pronta para o Comitê Rio 2016. O complexo esportivo reúne 31 prédios com 17 andares. 

    Uma comitiva dos Comitês Olímpico Internacional e Rio 2016  também testou nesta quarta-feira o funcionamento do trem, principal meio de transporte que vai levar o público para os locais de competições passando pelo Engenhão, que vai receber as provas de atletismo e futebol, até o Complexo esportivo de Deodoro,  na Zona Oeste do Rio.

    O Presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach disse que entre os maiores legados das Olimpíadas está o transporte, que melhora a vida da população, além do legado social, que vai dar oportunidade das pessoas participarem do evento e de gerações futuras usarem as instalações construídas.

    Thomas Bach ressaltou ainda, que entende a atual situação de crise no Brasil, mas espera que o espírito olímpico seja capaz de unir as pessoas durante os Jogos.

    Tags:
    Jogos Olímpicos, COB, Comité Olímpico Internacional (COI), governo brasileiro, Brasil, Rio de Janeiro, Brasília
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik