19:24 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Visita do Ministro das Relações Exteriores do Paraguai, Sr. Eladio Loizaga
    Ana de Oliveira /AIG-MRE

    Brasil e Paraguai fecham acordos no setor aéreo e para construção de ponte rodoviária

    Brasil
    URL curta
    Brasil entre Temer e Dilma (110)
    533
    Nos siga no

    Brasil e Paraguai assinaram dois acordos que vão ampliar a relação comercial entre os dois países. Esta foi a primeira visita internacional recebida pelo governo interino de Michel Temer, reunindo em Brasília, os Ministros das Relações Exteriores do Brasil, José Serra e do Paraguai, embaixador Eladio Loizaga.

    Um dos acordos diz respeito aos serviços aéreos oferecidos entre os dois países, que serão intensificados, visando facilitar o fluxo de passageiros e cargas.

    A outra parceria prevê a construção de uma ponte sobre o Rio Paraguai, permitindo o transporte entre as cidades de Porto Murtinho, em Mato Grosso do Sul, e Carmelo Peralta, no lado paraguaio.

    De acordo com Eladio Loizaga a construção da Ponte vai permitir uma maior conexão interoceânica entre Atlântico e Pacífico, que com certeza vai trazer benefícios para ambos os países.

    “Esse acordo, estamos seguros, servirá para desenvolver toda essa zona e ter maior competitividade em tudo que implica na produção, tanto do Brasil quanto do nosso País”

    O Ministro interino das Relações Exteriores, José Serra destacou que o encontro mostra a importância que o Paraguai tem para as relações exteriores brasileiras, não só pelo fato dos países compartilharem uma fronteira vasta ou porque 300 mil brasileiros vivem no Paraguai, mas porque as relações com o país são centrais e apontam para o futuro, principalmente no que diz respeito ao Mercosul.

    “A integração física com o Paraguai, vai ajudar a integração dos nossos dois países, e também ampliar a conexão interna dentro do Mercosul, e do Mercosul com o resto do continente sul americano.”

    Serra informou que Brasil e Paraguai também avançaram nas negociações sobre a construção de uma hidrovia entre os dois países, e também discutiram medidas para combater o contrabando e reforço da segurança nas fronteiras.

    Os ministros ainda conversaram sobre a possibilidade de acordo entre o Mercosul com a União Europeia. José Serra ressaltou a importância do Paraguai como parceiro comercial do Brasil. Dados do Itamaraty revelam, que o Brasil é o principal destino das exportações paraguaias e o principal fornecedor de produtos para o Paraguai.

    “O Brasil é o segundo maior investidor no Paraguai, e muitas empresas brasileiras tem investido no Paraguai nos últimos anos. Eu creio que logo o Brasil será o primeiro em matéria desses estoques de investimentos nos países vizinhos.”

    No ano passado, o intercâmbio bilateral Brasil-Paraguai chegou a US$ 3,3 bilhões. Em 2015, 93,7% das exportações brasileiras para o Paraguai foram compostas de produtos manufaturados.

    Tema:
    Brasil entre Temer e Dilma (110)
    Tags:
    hidrovia, fronteiras, aeroportos, acordo comercial, Itamaraty, Paraguai, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar