03:17 17 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil entre Temer e Dilma (110)
    16115
    Nos siga no

    Em conversa com o jornalista Luis Nassif, exibida na noite desta quinta-feira (9) pela TV Brasil, a presidenta Dilma Rousseff prometeu, se voltar ao poder, realizar um plebiscito sobre a necessidade de novas eleições presidenciais.

    "Será necessário consultar a população para remontar um 'pacto' que vinha desde a Constituição de 1988 e foi rompido com o processo de impeachment”.

    Dilma argumentou que a consulta deveria ser feita com o processo de impeachment derrubado e ela sendo reconduzida ao cargo.

    "Eu não acho possível fazer pacto nenhum com o governo Temer em exercício", disse a presidenta afastada. Segundo ela, a consulta popular seria a única forma de solucionar o impasse político no Brasil de hoje, com um Congresso controlado pelo deputado, também afastado, Eduardo Cunha. Segundo Dilma,  "o governo Temer é a síntese do que pensa e expressa claramente a pauta de Eduardo Cunha". 

    Dilma aproveitou a entrevista para defender o sistema presidencialista contra as propostas de parlamentarismo. "Foi por meio do presidencialismo que o Brasil conseguiu uma maior modernidade e inclusão da sua população", afirmou. 

    A presidenta também teceu críticas ao ministro interino das Relações Exteriores, José Serra, que sugeriu o fechamento de representações diplomáticas na África. "África terá cada vez mais importância; fechar embaixadas é ter visão minúscula de política externa", declarou Dilma.

    Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff
    Roberto Stuckert Filho/ PR
    O processo de impeachment contra Dilma Rousseff, segundo previsões da imprensa e do próprio senado, teve tramitar até meados de agosto, quando será decidida a sua permanência ou não no cargo. Os aliados da presidenta vêm tentando convencer, com certo sucesso, alguns senadores a votar contra o impeachment, acenando com a promessa de uma consulta popular.

     

    Assista a entrevista na íntegra:

    Tema:
    Brasil entre Temer e Dilma (110)

    Mais:

    Comissão Especial do Impeachment ouviu testemunhas de acusação contra Dilma Rousseff
    Mesmo sem voos da FAB, Dilma pretende continuar viajando pelo país em vôos comerciais
    Dilma irá processar O Globo e Merval Pereira por calúnia
    Dilma, no Rio de Janeiro, participa do ato Marcha das Mulheres pela Democracia
    Dilma: ‘governo Temer terá que se ajoelhar’ a Cunha
    Tags:
    plebiscito, impeachment, TV Brasil, Luis Nassif, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar