08:58 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, fala à imprensa no Congresso Nacional, sobre o encontro com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

    Processo contra Cunha pode ser votado hoje pelo Conselho de Ética

    Valter Campanato/ Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    311
    Nos siga no

    O Conselho de Ética da Câmara começa a discutir nesta terça-feira (7) o parecer do deputado Marcos Rogério (DEM-RO) sobre o processo contra o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O relatório é favorável ao afastamento de Cunha, presidente afastado da Câmara.

    O documento foi apresentado em uma reunião na última quarta-feira (1º), mas um pedido de vista conjunta adiou a discussão para esta semana. 

    O desfecho da discussão, no entanto, pode se arrastar até quarta ou quinta-feira, no caso dos debates se estenderem por horas e seja iniciada a Ordem do Dia no plenário da Casa, o que impede que qualquer votação ocorra nas comissões.

    Cunha é acusado de ter mentido à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, quando negou a existência de contas no exterior em seu nome, o que poderia caracterizar quebra de decoro parlamentar. 

    O presidente afastado da Câmara também teve o pedido de prisão enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) na manhã desta terça-feira (7) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que alega que Cunha continua interferindo na investigação contra ele na Justiça e no Conselho de Ética, apesar da suspensão do seu mandato. 

    Mais:

    Procuradoria-geral pede prisão de Cunha, Sarney, Jucá e Calheiros
    Conselho de Ética vota nesta terça-feira cassação de Eduardo Cunha
    Relator do Conselho de Ética pede a cassação de Cunha
    Ética: Relator entrega parecer sobre Cunha, mas voto não considerará suspeita de propina
    Relator entrega parecer final sobre Eduardo Cunha no Conselho de Ética
    Tags:
    processo, cassação, Conselho de Ética, Eduardo Cunha, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar