05:09 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Eduardo Cunha

    Procuradoria-geral pede prisão de Cunha, Sarney, Jucá e Calheiros

    © AP Photo/ Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    12110
    Nos siga no

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP), do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR), e do deputado afastado da câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

    O caso de Calheiros, Jucá e Sarney diz respeito à acusação de que eles tentaram interferir nas investigações da Operação Lava-Jato, o que foi revelado pelo presidente da Transpetro Sérgio Machado através do acordo de delação premiada.  Machado afirmou que teria distribuído 70 milhões de reais em propinas para Sarney, Renan, Jucá e outros políticos do PMDB, como os senadores Edison Lobão e Jader Barbalho, nos 12 anos em que esteve na Transpetro.

    Foi revelado pelo jornal ‘O Globo’ na manhã desta terça-feira (7) que, em razão da idade de Sarney (86 anos), seu pedido seria de prisão domiciliar, com o uso de tornozeleira eletrônica.  

    Mesmo sem mandato, Sarney teria exercido papel decisivo no processo de impeachment da presidente Dilma Roussef, visto que exerce forte influência na Câmara dos Deputados e no Senado.

    Já em relação ao pedido de prisão de Eduardo Cunha, a Procuradoria afirma que a suspensão de seu mandato da presidência da Câmara não surtiu efeito e que ele continuaria interferindo nas investigações contra ele na Justiça e no Conselho de Ética.  

    O pedido de prisão irá depender da decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal. É a primeira vez que a Procuradoria-Geral da República pede a prisão de um presidente do Congresso e de um ex-presidente. 

    Mais:

    Jucá e Calheiros negam ter recebido dinheiro de ex-presidente da Transpetro
    Especialista: Romero Jucá não é uma perda qualitativa para a equipe econômica
    PDT entra com representação contra Jucá no Conselho de Ética do Senado
    Congresso Nacional discute revisão da meta fiscal de R$170 bi defendida por Temer e Jucá
    Tags:
    cassação, prisão, José Sarney, Romero Jucá, Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar