21:45 12 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    640
    Nos siga no

    Nárcio Rodrigues, ex-presidente do PSDB de Minas e ex-secretário de Ciência e Tecnologia no governo de Antonio Anastasia (PSDB) entre 2011 e 2014, foi preso hoje (30) em uma operação do Ministério Público de Minas Gerais, em parceria com o batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar e a Polícia Federal.

    Outras cinco pessoas também foram presas na região Centro-Sul de Belo Horizonte e em Frutal, no Triângulo Mineiro. Além do tucano, o empresário Maurílio Reis Bretas foi detido na capital, segundo informa o portal O Tempo. Uma prisão também teria sido realizada em São Paulo, mas a identidade do suspeito não foi divulgada.

    As autoridades envolvidas ainda não divulgaram todos os detalhes da operação, batizada de Aequalis – igual, em latim —, mas sabe-se que 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

    Informações não oficiais apontam uma investigação sobre o desvio de recursos públicos na construção da Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Água (Hidroex), instalada em Frutal, que chegaria a R$18 milhões. Segundo a revista Fórum, a investigação teria como objeto desvios da ordem de 2 bilhões de reais.

    Mais:

    ‘Um golpista na praia’: vídeo de Aécio sendo hostilizado no Leblon viraliza na Internet
    Senador do PSDB garante que partido não impõe nomes a Michel Temer
    “PSDB está surfando na ambiguidade”, diz especialista em Direito Constitucional
    Tags:
    desvio, Operação Aequalis, Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Água (Hidroex), PSDB, Polícia Federal, Polícia Militar, Rondas Táticas Metropolitanas, Ministério Público, Nárcio Rodrigues, Antônio Anastasia, Frutal, Belo Horizonte, São Paulo, Minas Gerais
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar