16:35 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Cães do BAC ganham certificação internacional como farejadores de explosivos
    Divulgação BAC

    Polícia Francesa antiterrorismo treina Batalhão de Ações com Cães para os Jogos Rio 2016

    Brasil
    URL curta
    2 0 0

    Após 15 dias de treinamento com policias franceses especialistas em ações de antiterrorismo, Policiais do Batalhão de Ações com Cães do Rio de Janeiro (BAC) e cinco cães receberam a certificação internacional para atuarem durante os Jogos Rio 2016.

    O treinamento com os policiais do RAID – unidade de elite da polícia francesa responsável pelas ações antiterrorismo na França, estava sendo realizado desde o dia 16 de maio no Rio e faz parte do curso “Condutores de Cães farejadores”, garantindo a certificação internacional para que os cães atuem em grandes eventos no vasculhamento e segurança.

    De acordo com o Oficial responsável pelo intercâmbio com a Polícia francesa, Primeiro Tenente João Bóia, o trabalho com os cães na identificação de explosivos tem que ser feito com paciência e de forma minuciosa.

    “Desde 2009 a Polícia Militar vem fazendo intercâmbios com a Polícia Nacional francesa, e recebemos agora em um período de 15 dias policiais do RAID especializados em formação de cães para detecção de substâncias explosivas. O trabalho de explosivo é muito mais minucioso, temos que ser muito mais detalhistas e perfeccionistas, principalmente com o cão.

    Segundo os agentes do RAID, os cães brasileiros, que normalmente atuam em favelas no Rio, são tão eficazes quanto os animais franceses, destacando que eles possuem grande potencial olfativo essencial para o treinamento com foco em explosivos. 

    O Coordenador de Comunicação do Comando de Operações Especiais, Tenente Daniel Puga destacou a capacitação da polícia francesa para o trabalho de detecção de explosivos e a importância desse intercâmbio com os agentes brasileiros.

    “O faro de explosivo possui nuances e diferenças, para o faro de armas e drogas, e ninguém melhor do que quem lida diretamente com o problema para ensinar e passar o conhecimento para as nossas unidades aqui no Rio.”

    Durante o treinamento, os policiais franceses ensinam que primeiro deve ser realizado um trabalho de varredura visual e em seguida os cães farejam a região para dar a certeza de que há algum artefato explosivo no local. Nas últimas atividades de treinamento realizadas nesta semana, os policiais franceses simularam a chegada no Rio de uma autoridade no Aeroporto Internacional Tom Jobim, e também fizeram um treinamento especial na SuperVia, onde 25 policiais e seis cães do BAC participaram da atividade de localização de explosivos nos trens e estações do sistema ferroviário. 

    A SuperVia vai ser um dos principais meios de transporte do público durante os Jogos Olímpicos do Rio por contar com estações localizadas em pontos estratégicos para os locais das competições. 


    Tags:
    antiterrorismo, segurança, Jogos Olímpicos, Rio-2016, França, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik