17:10 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil entre Temer e Dilma (110)
    833718
    Nos siga no

    Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente do Brasil, anunciou que planeja apresentar sua candidatura nas eleições de 2018.

    O político afirmou em uma entrevista à TeleSur que essa decisão foi tomada "apenas para evitar o que destrói as conquistas sociais no Brasil".

    Lula da Silva assegurou que, nos últimos anos, o Partido dos Trabalhadores conseguiu que mais de 30 milhões de pessoas saíssem da miséria mais extrema, e que essa é uma conquista que deve ser mantida.

    Para o político, Michel Temer, o presidente interino do Brasil, só deve ocupar esse cargo enquanto não "se resolver o julgamento político contra o governo da presidenta Dilma Rousseff".

    "Temer é apenas interino, Dilma só está suspensa por um capricho político, isso deve estar muito claro", advertiu Lula.

    Na semana passada, o Senado brasileiro aprovou, por 55 votos contra 22, a abertura de um julgamento político contra o governo da presidenta Dilma Rousseff.

    Dilma Rousseff está suspensa por um prazo máximo de 180 dias, período em que é substituída pelo atual vice-presidente Michel Temer, líder do Partido do Movimento Democrático Brasileiro.

    Anteriormente Lula da Silva, em uma entrevista exclusiva com a RT, disse que o que aconteceu recentemente no Brasil "foi um golpe contra a democracia".

    Tema:
    Brasil entre Temer e Dilma (110)

    Mais:

    Impeachment no Brasil: como a economia se tornou refém da política
    Senadores da Comissão do Impeachment decidem calendário de trabalhos do processo de Dilma
    Tags:
    eleições, presidência, impeachment, Luiz Inácio Lula da Silva, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar