06:11 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Impeachment no Senado (104)
    161
    Nos siga no

    A presidenta Dilma Rousseff deixará o Palácio do Planalto, caso seja afastada pelo Senado, com um ato político para denunciar o que considera um golpe contra seu governo, informou Agência Brasil.

    A notificação sobre a decisão dos senadores deve chegar à presidenta na quinta-feira (12) de manhã. 

    O Palácio do Planalto prepara uma cerimônia no gabinete presidencial, no terceiro andar do prédio, onde Dilma receberá o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros, autoridades e personalidades aliadas para assinar a notificação, que será entregue pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO).

    Do lado de fora do palácio, movimentos sociais que apoiam o governo farão nova manifestação contra o impeachment.

    Antes de deixar o Palácio do Planalto, seu local de trabalho, Dilma fará uma declaração à imprensa, prevista para as 10h. No mesmo horário, um vídeo gravado pela presidenta será divulgado nas redes sociais da Presidência da República.

    Após os atos, a presidenta seguirá, de carro, até o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, a poucos quilômetros do Planalto, onde vai permanecer durante os 180 dias em que deve ficar afastada.

    Tema:
    Impeachment no Senado (104)
    Tags:
    impeachment, Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar