00:17 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Senado ainda não definiu direitos de Dilma Rousseff em caso de afastamento
    Roberto Stuckert Filho/PR

    Senado ainda não definiu direitos de Dilma Rousseff em caso de afastamento

    Brasil
    URL curta
    613

    Os direitos que Dilma Rousseff vai ter em caso de afastamento da Presidência da República só vão ser decididos pelo Senado nesta quinta-feira(12).

    Ao ser questionado pela imprensa na manhã desta quarta-feira(11) se já tinha decido sobre onde Dilma vai morar ou quantos assessores vai ter, se terá direito ao uso do avião presidencial, bem como outros benefícios, o Presidente do Senado, Renan Calheiros disse que vai divulgar os direitos de Dilma Rousseff em caso de afastamento, assim que sair a decisão da votação da admissibilidade do impeachment no Senado, rito que só vai acontecer na última etapa da sessão desta quarta-feira (11) no Plenário.

    “Eu me comprometo com vocês a tão logo o Senado decidir (pelo afastamento), e se essa for a decisão, nós conversarmos aqui para que eu passe para vocês o exato teor da citação. A citação conterá esses direitos mínimos da Presidenta da República afastada, se for a decisão do Senado Federal. A citação, ela acontecerá amanhã (12), mas eu vou combinar detalhes com a senhora Presidenta da República.”

    Ao fim da votação, o resultado deverá ser publicado no Diário do Senado nesta quinta-feira(12). Assim que Dilma Rousseff for notificada, o que deve acontecer ainda amanhã(12), ela estará oficialmente afastada da Presidência por até 180 dias, e o vice Michel Temer assume o cargo. Conforme a lei, Dilma Rousseff terá dez dias para apresentar defesa.

     

     

     

    Tags:
    Direitos, impeachment, Senado Federal, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar