11:50 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Fernando Giacobo (PR)

    Se cair Maranhão, conheça Giacobo: o deputado que ganhou na loteria 12 vezes em 2 semanas

    Gustavo Lima/Câmara dos Deputados
    Brasil
    URL curta
    17414123

    O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP), tem até hoje para renunciar ao cargo, segundo indicaram as fontes ouvidas pelo G1 na terça-feira (9).

    O deputado Júlio Lopes (PP) disse ao G1 que pediu a renúncia de seu correligionário, e que este lhe havia prometido uma resposta até a manhã desta quarta-feira (11). Além do PP, líderes do PMDB e do PPS na Câmara também se reuniram na segunda-feira, após o anúncio de que o deputado Maranhão havia anulado a votação do dia 17 de abril que, por sua vez, aprovara a admissibilidade do impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Na ocasião, eles discutiram meios para afastar Maranhão da presidência.

    ​Uma das possibilidades avaliadas, segundo relatou o G1, foi tentar convencer o deputado a renunciar ao cargo de primeiro vice-presidente em troca de um acordo para evitar a cassação de seu mandato (por suspeita de abuso de poder). Outra opção seria afastar Maranhão por meio de votação no plenário da Câmara.

    Em ambos os casos, quem assume a presidência interina é o segundo vice-presidente da Câmara, Fernando Giacobo (PR), um empresário do ramo automotivo paranaense que pode ficar, interinamente, como segundo na linha de sucessão da República caso a presidenta seja mesmo afastada nesta quarta-feira.

    Herdeiro eventual do trono de Eduardo Cunha, Giacobo já foi réu no Supremo Tribunal Federal (STF) em três ações, envolvendo falsidade ideológica, formação de quadrilha, sonegação de impostos, e até sequestro e cárcere privado. Todas prescreveram. 

    Além disso, ele jura que o fato de ter vencido a loteria 12 vezes entre os dias 5 e 19 de julho de 1997 se deve apenas a sua grande “sorte”. 

    “Pura sorte. Juro por Deus. Eu sou um cara de muita fé”, disse então o deputado à Folha de S. Paulo, após ter faturado R$134 mil no total.

    Caso o sortudo assuma, não se sabe por quanto tempo será. Partidos de oposição defendem novas eleições, mas é possível que o paranaense fique na presidência da Câmara até fevereiro de 2017, encerrando o mandato da atual Mesa Executiva.

    Mais:

    Cunha diz que decisão de Waldir Maranhão é “irresponsável”
    STF rejeita pedido de anulação da decisão de Maranhão
    Revogar o que parecia irrevogável: interino da Câmara recua a anula sua anulação
    Líderes partidários votam na terça recurso para anular decisão do presidente da Câmara
    Cancelamento do processo de impeachment na Câmara gera polêmica no Senado
    Tags:
    acusações, loteria, presidente interino, presidente em exercício, presidência interina, STF, Câmara dos Deputados, Fernando Giacobo, Waldir Maranhão, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik