18:15 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    741
    Nos siga no

    Deputado federal Ságuas Moraes (PT-MT) comentou com exclusidade à Sputnik o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da Presidência da Câmara dos Deputados e a suspensão do seu mandato de deputado federal, determinado na manhã desta quinta-feira (5) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.

    “A tendência da bancada do PT na Câmara dos Deputados é considerar tardia a decisão do Ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, pelo afastamento de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara e do seu mandato de deputado federal. Porém, mesmo que tardia, a decisão não pode deixar de ser comemorada" – disse Ságuas Moraes.

    O petista destacou que Cunha causou "muitos estragos" na Câmara pelas suas numerosas intervenções sucessivas, interferências e pressões tanto no processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff quanto no seu próprio julgamento pela Comissão de Ética da Câmara.

    "Nós, do PT, entendemos que Cunha já deveria estar afastado da Presidência da Câmara desde dezembro de 2015 quando o pedido foi apresentado ao Supremo Tribunal Federal. De fato, o Supremo concedeu, quase cinco meses depois, este afastamento e, agora, é observar como os fatos irão evoluir. De qualquer forma, é uma decisão para ser aplaudida e comemorada” – concluiu Moraes.

    Tags:
    afastamento, STF, PT, Ságuas Moraes, Eduardo Cunha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar