12:54 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Advogado-Geral da União, José Eduardo Cardozo

    Comissão do impeachment no Senado ouve defesa de Dilma

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    781

    A Comissão Especial do impeachment no Senado começou a ouvir nesta quinta-feira (5) a defesa do governo em relação ao parecer senador da oposição Antonio Anastasia (PSDB-MG), que recomendou ontem a abertura do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

    Os debates de hoje contam com a presença do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, que tem uma hora para se manifestar sobre o relatório. O advogado tentará desarmar os argumentos elencados no parecer do relator do caso.

    Cardozo, que assume há dias o principal papel de defensor da petista, sustenta a tese de que processo de afastamento da presidenta é nulo. Entre os argumentos, consta a justificativa do desvio de poder por parte do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, segundo Cardozo, aceitou o pedido em um gesto de revanchismo por não ter conseguido o apoio do PT no processo de cassação de seu mandato em tramitação no Conselho de Ética.

    A sessão de hoje precede a votação do pedido de impeachment na Comissão, marcada para acontecer na sexta-feira (6).

    Tags:
    comissão especial, defesa, impeachment, Senado, José Eduardo Cardozo, Dilma Rousseff
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar