02:43 06 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    79116
    Nos siga no

    Sputnik acompanhou ao vivo a votação deste domingo na Câmara dos Deputados. Reveja o desenrolar dos acontecimentos em Brasília.

    O pedido de impeachment da Presidente Dilma Rousseff obteve 367 votos e foi aprovado pela Câmara dos Deputados neste domingo. O voto decisivo, o 342º, veio com o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), e o placar final apontou 367 votos a favor, 137 contra, sete abstenções e duas ausências. Para aprovação, o processo precisava de 342 votos de um total de 513 integrantes da Casa.

    Após aprovação na Câmara, o processo de impeachment segue para análise do Senado, que instalará uma comissão especial para analisar a denúncia. A comissão, em seguida, emitirá um parecer a favor ou contra a instauração de um processo contra Dilma Rousseff.

    Depois disso, os senadores votam pela abertura ou pelo arquivamento do processo de impeachment. São necessários 41 votos (de 81 membros do Senado) para que o processo seja instaurado formalmente e Dilma Rousseff seja afastada do cargo.

    Veja abaixo a cobertura em tempo real realizada pela Sputnik da votação na Câmara dos Deputados.


    Ordenar as mensagens
    • 23:55

      Sputnik encerra a cobertura ao vivo

    • 23:54

      Eduardo Cunha encerra a sessão

    • 23:54

      Processo será encaminhado ao Senado nesta segunda-feira

      O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou que o processo será encaminhado ao Senado amanhã de manhã, segunda-feira, 18. Uma sessão não-deliberativa de debates está programada para 14h.

    • 23:48

      Concluída a votação pela abertura do impeachment

      SIM: 367

      NÃO: 137

      ABSTENÇÕES: 7

      AUSENTES: 2

    • 23:44

      Deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), com exclusividade para Sputnik Brasil: "os parlamentares ouviram a voz das ruas"

      “A vitória das oposições na noite deste domingo, 17 de abril, é um demonstrativo de que os parlamentares ouviram a voz das ruas e cuidaram de dar início às mudanças por um Brasil melhor. A votação desta noite foi a vitória dos brasileiros que foram para as ruas pedir um Brasil limpo, correto, honesto e digno. Foi a vitória do Brasil.”

    • 23:37

      Alagoas é o último estado a votar

    • 23:36

      O sim vence em Sergipe

      SIM: 362

      NÃO: 134

      ABSTENÇÕES: 7

    • 23:35

      O sim vence em Pernambuco

      Com o resultado já definido, os deputados de Pernambuco votaram, em sua maioria pelo sim. A votação prossegue com os deputados do Sergipe.

      SIM: 357

      NÃO: 132

      ABSTENÇÕES: 7

    • 23:20

      Imprensa na expectativa do pronunciamento do Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo, em nome do governo

      No Palácio do Planalto, a imprensa está na expectativa de que o  Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo, faça um pronunciamento em nome do governo para comentar o resultado da votação no Plenário de continuidade do processo do impeachment contra a Presidenta Dilma. Segundo a Agência Brasil, também há a expectativa de que o ministro chefe do Gabinete Pessoal da Presidenta, Jaques Wagner, se manifeste sobre a derrota do governo na Câmara dos Deputados. 

    • 23:14

      Apesar da definição do resultado, a votação prossegue.

      Deputados do Pernambuco votam agora.

    • 23:09

      Câmara autoriza a abertura do processo de impeachment de Dilma no Senado.

      SIM: 343

      NÃO: 127

      ABSTENÇÕES: 6

      AUSENTE: 2

    • 23:08

      A Câmara aprova o impeachment

    • 23:08

      Governo admite a derrota

      Deputado José Guimarães

      Líder do governo na Câmara admite derrota, mas afirma que a luta continua

      Antes mesmo do fim da votação do impeachment no Plenário, o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), conversou com a imprensa e admitiu a derrota do governo, mas afirmou que a guerra não terminou.
      Mostrar mais
    • 23:05

      O sim vence na Paraíba

      SIM: 338

      NÃO: 127

      ABSTENÇÕES: 6

       

    • 22:50

      O não vence na Bahia, mesmo com o governo admitindo a derrota na Câmara

      SIM: 328

      NÃO: 123

      ABSTENÇÕES: 6

      Já votaram deputados de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO, MT, SP, MA, CE, RJ, ES, PI, RN e MG.

    • 22:36

      Líder do governo admite derrota

      Líder do governo, José Guimarães (PT-CE), acaba de falar com a imprensa e admitir derrota do governo no Plenário, mesmo antes da votação terminar. Ele agradece aos deputados republicanos que votaram a favor do governo e avisa: a luta agora será nas ruas e no Senado para impedir a concretização do golpe.

    • 22:21

      Minas coloca ‘sim’ perto da aprovação

      Após os votos dos deputados de Minas Gerais, o “sim” ficou mais perto dos 342 votos necessários para que o processo de impeachment seja encaminhado ao Senado. O placar parcial agora mostra:

      SIM: 312
      NÃO: 101
      ABSTENÇÕES: 4

      Já votaram deputados de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO, MT, SP, MA, CE, RJ, ES, PI, RN e MG.

    • 22:20
      Atos pró e contra o impeachment na Esplanada

      Manifestações pró e contra o impeacment se reúnem em todo o país

      Mostrar mais
    • 22:06

      Trezentas vezes 'sim'

      Com o voto do deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), o “sim” já tem 300 dos 342 votos necessários para que o processo de impeachment de Dilma Rousseff seja encaminhado ao Senado. O placar do plenário, no momento, mostra:

      SIM: 300
      NÃO: 98
      ABSTENÇÕES: 4

    • 21:58

      Apreensão na Esplanada

      Enquanto os deputados de Minas Gerais votam, manifestante contra o impeachment mostra preocupação com o andamento da votação. No momento, o placar mostra:

      SIM: 293
      NÃO: 96
      ABSTENÇÕES: 4

      Na Esplanada dos Ministérios, manifestante contra o impeachment mostra preocupação com o andamento da votação
      Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
    • 21:51

      Torcida em Brasília

      Na Esplanada dos Ministérios, manifestantes favoráveis ao impeachment acompanham a votação.

      Na Esplanada dos ministérios, manifestantes favoráveis ao impeachment acompanham a votação
      Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
    • 21:34

      Cusparada

      Após proferir seu voto, o deputado Jean Wyllys cuspiu no deputado Jair Bolsonaro. Confira no vídeo abaixo.

    • 21:31

      Empate no Piauí

      Deputados dos estados do Espírito Santo e do Piauí tiveram seus votos computados. Enquanto o placar foi de 8 a 2 a favor do “sim” no ES, houve empate no Piauí: 5 a 5. O placar geral do impeachment no momento mostra:

      SIM: 265
      NÃO: 88
      ABSTENÇÕES: 4

      Já votaram deputados de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO, MT, SP, MA, CE, RJ, ES e PI.

    • 21:16

      Rio de Janeiro vota

      Terminou, após discursos inflamados de Jair Bolsonaro, Jandira Feghali e Jean Wyllys, entre outros, a votação dos deputados do Rio de Janeiro. O placar do impeachment agora mostra:

      SIM: 252
      NÃO: 81
      ABSTENÇÕES: 4

      Já votaram deputados de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO, MT, SP, MA, CE e RJ.

    • 21:05

      Torcida na Lapa

      Enquanto os deputados do Rio de Janeiro dão seus votos, há torcida contra o impeachment na Lapa. Confira no vídeo a comemoração após um “não”.

      O placar, por enquanto, mostra:

      SIM: 242
      NÃO: 80
      ABSTENÇÕES: 4

    • 20:49

      Expectativa nas ruas

      Em Copacabana, pessoas se reúnem para assistir à votação do impeachment.

      Rio de Janeiro - Manifestantes favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff, reunidos na orla de Copacabana, acompanham a votação na Câmara dos Deputados exibida em telões
      Fernando Frazão/Agência Brasil
    • 20:39

      ‘Não’ vence no Ceará

      A maioria dos 20 deputados do Ceará votou contra o impeachment. Entre os parlamentares do estado, a contagem de votos ficou em 11 a 9 pelo “não”.

      SIM: 219
      NÃO: 70
      ABSTENÇÕES: 4

    • 20:31

      'Muro da vergonha' divide manifestantes

      Com manifestantes separados em Brasília, muro divisor ganhou o apelido de "Muro da Vergonha"

      Atos pró e contra o impeachment na Esplanada
      Juca Varella / Agência Brasil
    • 20:25

      Maranhão vota

      Após a participação de todos deputados do Maranhão, o placar do plenário agora mostra:

      SIM: 210
      NÃO: 59
      ABSTENÇÕES: 3

      Já participaram da votação os parlamentares de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO, MT, SP e MA.

    • 20:18

      Temer comemora

      O vice-presidente do Brasil, Michel Temer, acompanha a votação junto e sorri com o resultado parcial, segundo informa o jornal “Folha de S. Paulo”.

    • 20:16

      Projeção favorável ao ‘sim’

      Após a participação dos deputados de São Paulo, as projeções são de vitória do “sim” com margem maior do que esperava-se até ontem.

    • 20:10

      ‘Sim’ alcança 200 votos

      Ainda durante a participação dos deputados paulistas, o “sim” ao impeachment chega a 200 votos, contra 51 do “não”. São necessários 342 votos para que o relatório do impeachment seja aprovado e que o processo seja encaminhado ao Senado.

    • 19:48

      'Sim' já tem metade dos votos necessários

      Durante a votação dos deputados de São Paulo, o “sim” alcança a metade dos 342 votos necessários para dar prosseguimento ao processo de impeachment. O placar agora mostra:

      SIM: 171
      NÃO: 43
      ABSTENÇÕES: 3

    • 19:27

      Catorze unidades federativas já votaram

      Após as participações dos deputados de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF, AC, TO e MT, o placar da votação do impeachment é o seguinte no momento:

      SIM: 143
      NÃO: 38
      ABSTENÇÕES: 3

    • 19:23

      Povo acompanha nas ruas

      No bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, a população acompanha atentamente, voto a voto, a sessão na Câmara dos Deputados.

      Manifestantes contra impeachment acompanham votação do processo no Rio de Janeiro
      Serguei Monin / Sputnik Brasil
    • 19:19

      Empate no Acre

      Os oito deputados do Acre dividiram seus votos entre o "sim" e o "não". O placar atual, após votos de RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO, GO, DF e AC, mostra:

      SIM: 131
      NÃO: 34
      ABSTENÇÕES: 3

    • 19:14

      'Sim' continua aumentando a vantagem

      Deputados do Distrito Federal e outros dez estados (RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO e GO) já votaram neste domingo. O placar do plenário até agora mostra:

      SIM: 127
      NÃO: 30
      ABSTENÇÕES: 3

    • 19:09

      Deputados de Goiás completam seus votos

      Dez estados já votaram no impeachment: RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM, RO e GO. O placar até agora é:

      SIM: 120
      NÃO: 29
      ABSTENÇÕES: 3

    • 19:06
      Polícia Rodoviária Federal (PRF)

      PRF intercepta três ônibus vindos da Bolívia para manifestações do impeachment em Brasília

      A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu neste domingo (17), três ônibus com bolivianos que estavam seguindo para Brasília para participar das manifestações contra e a favor do impeachment da Presidenta Dilma Rousseff.
      Mostrar mais
    • 18:59

      Rondônia é nono estado a votar

      Nove estados já votaram no impeachment: RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS, AM e RO. O placar parcial até agora é:

      SIM: 104
      NÃO: 28
      ABSTENÇÕES: 3

    • 18:57

      Centésimo 'sim'

      Luiz Claudio (PR-RO) dá o centésimo voto ao "sim". São necessários 342 votos para que o processo contra a Presidente Dilma Rousseff seja encaminhado do Senado.

    • 18:54

      Mato Grosso do Sul e Amazonas finalizam seus votos

      Oito estados já votaram no impeachment: RR, RS, SC, AP, PA, PR, MS e AM. O placar do plenário neste momento mostra:

      SIM: 96
      NÃO: 28
      ABSTENÇÕES: 3

    • 18:49

      Renúncia

      O deputado Alfredo Nascimento (PR-AM) renunciou ao mandato de presidente do partido, que recomendava voto contra o impeachment. Nascimento votou no “sim”.

    • 18:44

      Paraná também completa participação

      Seis estados já votaram no impeachment: RR, RS, SC, AP, PA e PR. Até agora, o placar do plenário mostra os seguintes números:

      SIM: 83
      NÃO: 25
      ABSTENÇÕES: 3

    • 18:38

      Cem deputados já votaram

      Após os primeiros cem votos, o placar do plenário mostra:

      SIM: 73
      NÃO: 24
      ABSTENÇÕES: 3

    • 18:28

      Deputados do Pará encerram seus votos

      Cinco estados já votaram no impeachment: RR, RS, SC, AP e PA. Até agora, o placar do plenário mostra os seguintes números:

      SIM: 57
      NÃO: 21
      ABSTENÇÕES: 3

    • 18:24
      Manifestação em Copacabana contra a abertura do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff

      Manifestantes protestam contra impeachment em Copacabana

      Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (17), em Copacabana, no Rio de Janeiro, para protestar contra a abertura do processo de impeachment contra a Presidenta Dilma Roussef.
      Mostrar mais
    • 18:19

      Parcial após quatro estados

      Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Amapá votaram no relatório da Comissão Especial do Impeachment. O placar está assim:

      SIM: 47
      NÃO: 15
      ABSTENÇÕES: 2

    • 18:14

      Parcial

      Deputados de Roraima, Rio Grande do Sul e Santa Catarina já votaram. Até agora, o placar do impeachment é:

      SIM: 44
      NÃO: 11
      ABSTENÇÃO: 1

    • 18:07

      Parcial

      Após os votos de Roraima e Rio Grande do Sul, o placar é:

      SIM: 30

      NÃO: 9

      ABSTENÇÃO: 1

    • 18:03
      O presidente da Câmara, Eduardo Cunha

      Cunha diz que há “feirão” e “saldão” para evitar impeachment

      Em coletiva à imprensa momentos antes de dar início a sessão de votação do impeachment neste domingo (17), no Plenário, o Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha declarou haver um “feirão” e “saldão” de oferta de cargos no Governo para evitar a aprovação do processo contra a Presidenta Dilma Rousseff.
      Mostrar mais
    • 17:52

      Parcial

      Após dez votos, o placar é:

      SIM: 9

      NÃO: 1

    • 17:47

      Primeiro voto

      Por excepcionalidade médica, o deputado Washington Reis (PMDB-RJ) é o primeiro a votar. Ele vota “a favor” do impeachment.

    • 17:45

      Em Brasília

      Vídeo divulgado pela UNE mostra manifestantes contra o impeachment na capital do país.

    • 17:41

      Início da votação

      Chega ao fim o período de manifestação dos partidos. Começa agora a chamada nominal para a votação de cada um dos deputados presentes na sessão. O painel do plenário mostra 504 parlamentares presentes.

    • 17:31
      Michel Temer

      STF analisa mais um pedido de abertura de impeachment contra vice-presidente Michel Temer

      Enquanto oposição e governistas estão no Plenário para a votação do processo de impeachment contra a Presidenta Dilma Rousseff, o Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu mais um pedido de abertura de processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer(PMDB).
      Mostrar mais
    • 17:21

      502 presentes

      Segundo a TV Câmara, 502 deputados confirmaram presença na sessão deste domingo, na Câmara dos Deputados.

    • 17:11

      ‘Esse canalha já devia estar preso’

      Silvio Costa (PTdoB-PE) chama Cunha de ladrão, bandido e canalha e diz que 95% da oposição não tem moral nem ética para agredir a Presidente Dilma. “Esse Eduardo Cunha vai fazer a maior delação premiada do mundo.” Cunha não respondeu.

    • 17:04

      Chantagem é motivação

      Alessandro Molon (Rede-RJ), contra o impeachment, diz que o processo não deveria ser presidido por Eduardo Cunha, que é réu por corrupção. Segundo ele, Cunha incentiva o processo porque, no futuro, deixará de ser cassado pelos colegas de plenário.

    • 16:54

      Acusações pessoais

      Ronaldo Fonseca (PROS-DF) chamou de “diarreia verbal” o discurso governista de que o impeachment é, na verdade, um golpe. O parlamentar também atacou a deputada Érika Kokay (PT-DF), que teve direito a resposta.

    • 16:38
      Dilma Rousseff, presidenta do Brasil

      Dilma tenta manter rotina em dia de votação do impeachment

      Apesar da grande tensão envolvendo as negociações para a votação do impeachment neste domingo (17), a Presidenta Dilma Rousseff manteve pela manhã a sua rotina e realizou o tradicional passeio de bicicleta nos arredores do Palácio da Alvorada, sua residência oficial, em Brasília.
      Mostrar mais
    • 16:25

      Imagens da confusão

      A Agência Brasil divulga imagens do empurra-empurra que marcou o começo da sessão deste domingo na Câmara dos Deputados.

      Confusão marca início da sessão de votação do impeachment na Câmara dos Deputados
      Marcelo Camargo/Agência Brasil
    • 16:15

      Música no plenário

      O deputado Paulinho da Força (SD-SP) usa o tempo de seu partido para cantar uma música a favor do impeachment de Dilma Rousseff.

    • 16:07

      PDT contra o impeachment

      O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) disse que o PDT esteve "sempre ao lado do povo brasileiro”. Após citar Leonel Brizola, Jackson Lago e Neiva Moreira, Rocha diz que os grandes expoentes do PDT “não deixariam a Constituição ser rasgada” e o partido vai lançar Ciro Gomes como candidato próprio em 2018. Ao fim, o deputado diz que o PDT votará contra o impeachment.

    • 16:02

      PRB 100% a favor do impeachment

      Segundo o deputado Márcio Marinho (PRB-BA), o governo Dilma “perdeu a credibilidade” e os 22 parlamentares do partido são pela admissibilidade do processo.

    • 15:51

      Olho no celular!

      Nem todo mundo na Câmara está atento aos pronunciamentos dos partidos na sessão de hoje.

    • 15:43

      PSD a favor do impeachment

      Fernando Coelho Filho (PSD-PE) diz que o impeachment pode não ser a melhor solução para o Brasil, mas é a “solução legal”, a “melhor solução” para o país no momento. O deputado falou de seu sentimento de frustração com o governo Dilma e disse que a decisão de hoje, na Câmara, reanimará a esperança do povo brasileiro em um país melhor.

    • 15:32
      Na Alemanha, brasileiros se reúnem diante da Porta de Brandemburgo, em Berlim, estendendo cartazes com os dizeres “Não vai ter golpe” e “Pela Democracia”

      Brasileiros no exterior realizam atos contra o impeachment

      Os brasileiros que moram no exterior também acompanham a votação do relatório da comissão especial de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff, que acontece neste domingo (17) no Plenário da Câmara dos Deputados. Muitos deles foram às ruas de seus respectivos países para se manifestar contra o afastamento da presidenta.
      Mostrar mais
    • 15:22

      PP a favor do impeachment

      O deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) disse que seu partido tem posição única e vai votar "sim" à admissibilidade do processo de impedimento de Dilma. Até a noite de sábado, deputados aliados com o governo Dilma Rousseff afirmavam que parte do PP votaria contra o impeachment. Por isso, estavam confiantes em uma vitória do “não” neste domingo.

    • 15:19

      Presença: 447 deputados

      No momento, a TV Câmara informa que há 447 deputados presentes na sessão. São necessários 342 votos para que o relatório do impeachment seja aprovado e que o processo seja encaminhado ao Senado.

    • 15:15

      'Presidente desenganada'

      Antonio Imbassahy (PSDB-BA) fala menos sobre impeachment e mais sobre o que acredita serem falhas do governo de Dilma Rousseff. O deputado afirma que seu partido votará pelo impeachment porque o Brasil não pode ser governado por uma “presidente desenganada”. Segundo ele, a Câmara não pode ignorar a vontade “dos brasileiros que estão lá fora”.

    • 14:58

      Todos à mesa

      Leonardo Picciani (PMDB-RJ) pediu para que amanhã, após a votação, todos “sentem à mesa” para discutir o “futuro imediato” do Brasil. Contra o impeachment, o deputado agradeceu a seu partido por respeitar  seu posicionamento.

    • 14:49

      Nas ruas

      Ato contra o impeachment reúne manifestantes na orla de Copacabana
      Tânia Rego / Agência Brasil

      Em Copacabana, no Rio de Janeiro, ato contra o impeachment de Dilma Rousseff reúne manifestantes.

    • 14:48

      Reescrevendo a história

      O relator Jovair Arantes encerra seu pronunciamento agradecendo aos brasileiros pela participação cívica e afirmando que "é o momento de reescrevermos a história democrática do país".

    • 14:43

      Relatório apontou condutas gravíssimas

      O relator Jovair Arantes (PTB-GO) afirma que os decretos suplementares e as chamadas pedaladas fiscais foram "condutas gravíssimas" de Dilma Rousseff, que geram "consequências drásticas" para a economia brasileira. Arantes declarou ainda que deixou claro que se referiu no relatório a eventos ocorridos no exercício de 2015.

    • 14:23
      Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de posse do novo Ministros da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva

      Lula volta a Brasília para seguir votação do impeachment com Dilma

      O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou para Brasília no início da manhã deste domingo, após ir a São Paulo no fim da tarde deste sábado, segundo informações da Agência Brasil.
      Mostrar mais
    • 14:18

      Começo tumultuado

      A sessão começa confusa, com reclamações sobre a segunda chamada para os deputados ausentes, empurra-empurra e queixas sobre quem pode permanecer junto à mesa diretora durante a sessão.

    • 14:19

      Quanto tempo vai durar?

      Eduardo Cunha espera que o processo de votação dure cerca de quatro horas. Cada um dos 513 deputados, segundo cálculos da presidência da Casa, gastará, em média, 30 segundos para proferir seu voto.

      “Estou prevendo quatro horas. São 513, tem segunda chamada daqueles que não compareceram, tem o tempo de deslocamento até o microfone. Serão 256 minutos, o que dá 4 horas e 16 minutos”, disse Cunha, segundo a Agência Brasil.

    • 14:13

      Entenda o processo

      A sessão começará com o relator,  deputado Jovair Arantes, que terá 25 minutos para apresentar seu parecer a favor do impeachment. Depois, os 25 líderes partidários, além dos líderes do governo e da minoria, orientarão suas bancadas. 

      A ordem de chamada para a votação será a seguinte: parlamentares de Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, São Paulo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas.

    • 14:11

      Começa a sessão

      O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, dá início à sessão de votação do relatório da comissão especial de impeachment da Presidente Dilma Rousseff.

    Ao vivo
    Câmara diz 'sim' a impeachment de Dilma
    +
    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    Lula volta a Brasília para seguir votação do impeachment com Dilma
    Esperidião Amin: Teremos 387 votos favoráveis ao impeachment
    Impeachment: Estrangeiros que participarem de atos serão expulsos do Brasil
    Pentágono: Avião dos EUA foi interceptado por caça russo de maneira perigosa
    STF autoriza que Presidente da Câmara vote domingo na sessão do impeachment
    Caio Narcio: Governo está desesperado
    Vicente Cândido: ‘Estamos ganhando fôlego’
    Deputado do PT se diz confiante em acabar com ‘já ganhou’ da oposição
    Manifestantes fazem Carnaval pela Democracia no Rio de Janeiro (VÍDEO)
    Deputado quer recorrer ao STF para AGU falar novamente na sessão de domingo
    Cunha: impeachment não tem como objetivo torná-lo vice-presidente
    Deputada Mariana Carvalho diz que sociedade não aguenta mais clima de desmando e corrupção
    Oposição vai à Justiça contra nomeações do governo
    Temer: boatos sobre fim do Bolsa Família são ‘mentira rasteira’
    Tags:
    ao vivo, votação, impeachment, Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, Dilma Rousseff, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar