11:24 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    17123
    Nos siga no

    O deputado Sibá Machado (PT-AC) falou à Sputnik sobre a esperança de o bloco governista da Câmara dos Deputados conseguir reprovar o relatório aprovado pela comissão especial do processo de impeachment.

    A postura de alguns deputados do Partido Progressista (PP), que não devem seguir a orientação da direção do partido, dá esperança ao bloco governista de rejeitar o relatório da comissão especial do impeachment. O texto recomenda a continuidade do processo de impeachment.

    “Melhorou muito a nossa expectativa em relação à votação do processo de impeachment neste domingo, 17 de abril. Recebemos neste sábado, 16, a boa notícia de que alguns parlamentares do PP não vão seguir a orientação da direção do Partido Progressista e que, portanto, votarão contra o impeachment e a favor da Presidente Dilma Rousseff”, disse o deputado federal Sibá Machado à Sputnik neste sábado.

    “A adesão destes parlamentares do PP criou em outras bancadas e em nós do PT a mesma expectativa de que poderemos reverter o quadro de já ganhou que o vice-presidente Michel Temer e a oposição golpista vêm proclamando”, completou Machado. 

    O deputado petista acredita a recente volta do vice-presidente, Michel Temer, a Brasília é um indício de que a oposição, que garante ter todos os votos para aprovar o relatório, não está tão segura assim.

    “Aliás, Temer está tão preocupado com esta mudança de rumos que abandonou o seu descanso em São Paulo e veio correndo para Brasília acompanhar a movimentação dos deputados no Congresso Nacional. A esta altura, todos os oposicionistas, inclusive o vice-presidente, que já se via sentado na cadeira presidencial dentro de alguns dias, podem ter certeza de que não haverá golpe.”  

    Na última sexta-feira, às 8h55min (de Brasília), começaram as deliberações sobre a abertura do processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff. A sessão, que não teve interrupções e se alonga por mais de 24 horas até a tarde deste sábado, serve de prenúncio para a votação do relatório aprovado pela comissão especial do processo de impeachment.

    O relatório recomenda a continuidade do processo de impeachment, e a votação, marcada para este domingo, na Câmara dos Deputados, decidirá se o processo seguirá para o Senado. São necessários pelo menos 342 votos para que o relatório seja aprovado. 


    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    Deputado quer recorrer ao STF para AGU falar novamente na sessão de domingo
    Cunha: impeachment não tem como objetivo torná-lo vice-presidente
    Deputada Mariana Carvalho diz que sociedade não aguenta mais clima de desmando e corrupção
    Oposição vai à Justiça contra nomeações do governo
    Temer: boatos sobre fim do Bolsa Família são ‘mentira rasteira’
    Lula apela a governadores contra impeachment
    Paulo Teixeira: oposição articula estelionato com roupagem legal
    Tags:
    votação, impeachment, Câmara dos Deputados, PT, Dilma Rousseff, Sibá Machado, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar