09:12 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    1210
    Nos siga no

    A fim de frear a suposta cooptação de votos feita pelo governo para barrar, na Câmara, o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a oposição promete recorrer à Justiça para anular nomeações a cargos públicos.

    Ex-Presidente Lula em campanha contra o golpe
    Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
    Segundo a Agência Brasil, deputados da oposição acionaram advogados para impetrar uma notícia-crime contra as nomeações de cargos publicadas em edição extra deste sábadodo Diário Oficial da União. Estão publicadas 45 exonerações e 52 nomeações, além de dispensas e remoções de servidores públicos de vários órgão da administração direta e indireta.

    “Estamos avaliando entrar com uma notícia-crime contra Lula, Dilma, alguns governadores de estados e agentes do governo federal por estarem negociando cargos de governo. Além do DEM, participam PPS, PTB, PSDB e PSC. Nossos advogados já estão cuidando disso”, disse o líder do DEM, Pauderney Avelino (AM). 

    Avelino, no entanto, não quis detalhar quais seriam os casos concretos que serviriam de base para a entrada da notícia-crime.


    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    AO VIVO: assista à fase de discursos individuais sobre o impeachment
    Secretário-geral da OEA critica impeachment e diz que Dilma será julgada por “imputados”
    Cunha garante que impeachment será votado no domingo
    Tags:
    Brasil, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva, Agência Brasil, Câmara dos Deputados, oposição, justiça, impeachment
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar