03:50 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Afonso Hamm, deputado federal, em debate sobre o impeachment na Câmara dos Deputados

    AO VIVO: assista à fase de discursos individuais sobre o impeachment

    Valter Campanato/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    911

    Em sessão deliberativa na Câmara, parlamentares debatem o impeachment que será votado neste domingo, em Brasília.

    A sessão começou às 8h55min de sexta-feira e não teve interrupções. O processo de impeachment será votado na Câmara dos Deputados neste domingo. A Sputnik acompanha tudo ao vivo.

    Ordenar as mensagens
    • 23:25
      Dilma Rousseff, presidenta do Brasil

      Caio Narcio: Governo está desesperado

      O deputado federal Caio Narcio (PSDB-MG) declarou neste sábado em entrevista exclusiva à Sputnik que as sucessivas proposições que o governo vem apresentando ao Supremo Tribunal Federal são uma prova de que a atual administração está desesperada. Segundo ele, o processo de impeachment é absolutamente legal.
      Mostrar mais
    • 23:00

      Trezentos discursos

      Nas mais de 38 horas desde o começo dos debates - não houve interrupções - o Plenário já registra mais de 300 discursos de deputados a favor e contra o impeachment. Os números são da Agência Câmara.

    • 22:50
      O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, fala à imprensa no Congresso Nacional, sobre o encontro com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

      STF autoriza que Presidente da Câmara vote domingo na sessão do impeachment

      O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, vai poder votar na sessão que analisa a admissibilidade do pedido de impeachment presidencial. O Supremo Tribunal Federal (STF) negou o mandado de segurança do deputado federal Jean Wyllys protocolado na sexta-feira(15), que pedia que Cunha fosse impedido de votar.
      Mostrar mais
    • 22:35

      “Todos nós somos adultos”

      Beto Mansur (PRB-SP), primeiro secretário da Câmara,  pede respeito e que todos deputados mantenham a calma para que haja uma sessão sem sobressaltos.

    • 22:32

      “Cala a boca, deputado!”

      Givaldo Vieira (PT-ES) foi interrompido por outros deputados e respondeu aos gritos, ao microfone: “Cala a boca, deputado! Me respeite!” O deputado disse que haverá resistência, e o Brasil “não vai se submeter a este golpe.”

    • 22:21

      Mais de 37 horas de debates

      Somando a fase de manifestações dos partidos e a etapa de discursos individuais, os debates sobre o impeachment na Câmara dos Deputados já duram mais de 37 horas. As conversas começaram às 8h55min (de Brasília) de sexta-feira.

    • 22:12

      Tumulto no plenário

      Deputado Hélio Leite (DEM-PA), ausente, é chamado a se manifestar, mas vai ao microfone é o deputado Alberto Fraga (DEM-DF). Vários deputados se queixam porque Fraga não estava inscrito para falar, e o discurso é interrompido. 

    • 22:03

      Ronaldo Nogueira: Dilma é responsável por ocultar o déficit orçamentário

      O deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), justifica o impeachment usando como argumento as pedaladas fiscais. Ele diz que a manobra enganou a população brasileira. ”A senhora presidente Dilma Rousseff, por dolo ou má fé, acobertou um déficit orçamentário de mais de R$ 50 bilhões, iludindo a população brasileira, maquiando a contabilidade pública. E digo que o presidente do banco central também tem corresponsabilidade nisso e deve ser chamado.”

    • 21:44
      Vicente Cândido, deputado federal pelo PT-SP

      Vicente Cândido: ‘Estamos ganhando fôlego’

      Deputado petista fala à Sputnik que número de parlamentares contrários ao impeachment continua crescendo.
      Mostrar mais
    • 21:26

      Marcha contra o golpe

      A União Nacional dos Estudantes publicou em sua conta no Twitter imagens da Marcha Contra o Golpe, em Brasília. Os manifestantes se dirigiam ao Congresso Nacional.

    • 21:10

      Sessão bate recorde

      A primeira fase dos debates na Câmara sobre o impeachment de Dilma Rousseff durou mais de 35 horas e é considerada, segundo a Agência Brasil, como a sessão mais longa da história da Casa. Todos 25 partidos tiveram chance de discutir o parecer do relatório da comissão especial.

    • 20:52

      Erika Kokay: impeachment está sendo avaliado politicamente

      A deputada Erika Kokay (PT-PDF) afirma que a Câmara está votando a favor do impeachment porque o Brasil vem sendo mal governado e não pelo motivos jurídicos necessários para validar o afastamento da Presidente Dilma Rousseff. Kokay afirmou que  "136 procuradores da República dizem que o impeachment é golpe. Aqui se fala que é preciso fazer impeachment porque não houve duplicação de rodovias, se fala de uma avaliação do governo esquecendo-se que estamos no presidencialismo.”

    • 20:31

      Pastor Silas Malafaia não acredita em virada governista na votação

    • 20:26

      Rogério Marinho: 'Golpe é mentir para se manter no poder'

      O deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) acusa o PT de golpista e declara que  “golpe é dividir para dominar, para esconder a natureza totalitária deste partido que se entranhou no país. Golpe é mentir para se manter no poder. É roubar estatais e fundos de pensão. É destruir a Petrobras.“ 

    • 20:06
      Sibá Machado, deputado federal pelo PT-AC

      Deputado do PT se diz confiante em acabar com ‘já ganhou’ da oposição

      O deputado Sibá Machado (PT-AC) falou à Sputnik sobre a esperança de o bloco governista da Câmara dos Deputados conseguir reprovar o relatório aprovado pela comissão especial do processo de impeachment.
      Mostrar mais
    • 19:52

      Relatório do impeachment será aprovado, diz pesquisa

      Segundo o jornal "O Estado de S. Paulo", baseado nas intenções de voto declaradas pelos deputados federais, o placar do impeachment no momento é de 348 votos a favor e 133 contra. São necessários 342 votos a favor para aprovar o relatório da comissão especial de impeachment e enviar o processo ao Senado.

    • 19:47

      Tereza Cristina: Congresso contra o desgoverno

      Tereza Cristina (PSB-MS) declarou seu voto pró-impeachment e afirmou que a crise política chegou a um ponto de ruptura. "O quadro de desgoverno que enfrentamos exige do Congresso assumir sua responsabilidade para recolocar o país nos rumos da paz de do desenvolvimento."

    • 19:30

      Osmar Terra: 'Verdadeiro golpe quem deu foi Lula'

      Osmar Terra (PMDB-RS) afirma que quem votar contra o impeachment "vai ser responsável pela continuação do desastre.” Segundo o deputado, “o verdadeiro golpe quem deu foi Lula.” Osmar Terra afirma que o ex-presidente está governando de um quarto de hotel em Brasília.

    • 19:15

      Jandira Feghali (PCdoB-RJ) demonstra confiança na vitória do não ao impeachment

    • 19:05

      Presidente da Câmara começa a convocar deputados das inscrições individuais

      Deputada Júlia Marinho (PSC-PA) é a primeira. Ela critica o governo e a atual situação do país, com problemas na edução, saúde, infraestrutura etc.

      "Em respeito ao povo evangélico" e à nação brasileira, a parlamentar defende o impeachment.

    • 18:59

      Eduardo Cunha (PMDB-RJ) encerra sessão e convoca uma nova

    • 18:55

      Manifestantes fazem Carnaval pela Democracia no Rio de Janeiro

      Manifestante no Centro do Rio: Não vai ter golpe

      Manifestantes fazem Carnaval pela Democracia no Rio de Janeiro (VÍDEO)

      Manifestantes estão reunidos, desde o final da tarde deste sábado (16), na Cinelândia, no Centro do Rio, num ato em apoio à Presidenta Dilma Rousseff. Um grupo de ritmistas animam com sambas e marchinhas o protesto num Carnaval pela Democracia. O ato corre de forma pacífica e acompanhado pela Polícia Militar.
      Mostrar mais
    • 18:37

      Segundo deputado, aproximação do Brasil com China e Rússia preocupa os EUA

      Para Weliton Prado (PMB-MG), os Estados Unidos vêm acompanhando de perto as políticas do atual governo no Âmbito dos BRICS.

    • 18:27

      Manifestantes contra o impeachment se encontram em São Paulo

      Manifestantes contra o impeachment se encontram em São Paulo
      Rovena Rosa/Agência Brasil
    • 18:09

      Deputado Weliton Prado (PMB-MG): Nunca votei contra o povo

      Parlamentar afirma que vai votar a favor do impeachment, mesmo sabendo que isso não vai resolver o problema do país. Segundo ele, Dilma está destruindo o legado dos dois governos de Lula e também do seu primeiro mandato como presidenta.

    • 18:03

      Manifestantes pró-impeachment fazem carreata em Belo Horizonte

      Manifestantes pró-impeachment fazem carreata em Belo Horizonte
      Léo Rodrigues/Agência Brasil
    • 17:56

      Golpe é Lula e Dilma apoiarem o MST, afirmou o deputado Arthur Virgílio Bisneto (PSDB-AM)

    • 17:40

      Deputado quer recorrer ao STF para AGU falar novamente na sessão de domingo

      Henrique Fontada (PT-RS) afirmou na tarde deste sábado (16) que pode recorrer ao STF para garantir que o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo consiga falar novamente, no domingo (17) no Plenário da Câmara após a fala do deputado Jovair Arantes(PTB-GO), relator do processo de impeachment.

      Eduardo Cardozo, advogado-geral da União

      Deputado quer recorrer ao STF para AGU falar novamente na sessão de domingo

      O deputado Henrique Fontada (PT-RS) afirmou na tarde deste sábado (16) que pode recorrer ao STF para garantir que o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo consiga falar novamente, no domingo (17) no Plenário da Câmara após a fala do deputado Jovair Arantes(PTB-GO), relator do processo de impeachment.
      Mostrar mais
    • 17:24

      Vídeo de humor sobre Michel Temer causa sensação nas redes sociais

      Produção de Gregório Duvivier tem piadas sobre escândalos e personalidade do vice-presidente:

    • 17:17

      Deputado Alfredo Kaefer (PSL-PR) acusa governo de abandonar zelo fiscal

    • 17:03

      Muro da discórdia, parte II

      A deputada Dâmina Pereira (PSL-MG) também criticou o "muro da discórdia" colocado em frente ao Congresso para dividir manifestantes pró e contra o impeachment. O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) já havia se pronunciado contra a medida.

    • 16:53

      Acordo para reduzir tempo

      Segundo informação da Agência Câmara, 14 partidos pró-impeachment fecharam um acordo para reduzir o tempo de debate em Plenário e assegurar para as 14h de domingo o início da votação do parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que foi favorável à abertura do processo de impedimento contra a Presidente Dilma Rousseff.

    • 16:47
      Manifestantes pró-impeachment acampam na Avenida Paulista
      Rovena Rosa/Agência Brasil

      Em São Paulo, manifestantes pró-impeachment acampam na Avenida Paulista.

      Manifestações nas ruas

    • 16:40

      Renata Abreu: vassoura para varrer a sujeira

      Renata Abreu (PTN-SP) conta sobre como ganhou uma vassoura de presente de um cidadão e pede que o objeto se torne o símbolo do impeachment - varrendo a sujeira do governo brasileiro.

    • 16:37

      Vicente Candido: ex-petista ressentido assinou processo de impeachment

      Vicente Candido disse que “gostaria de estar aqui discutido soluções, em um momento de troca de ideias e de ouvir a sociedade.” O deputado também referiu-se a Helio Bicudo como um ex-petista ressentido.

    • 16:28

      'Conversa pra boi dormir'

      Para o deputado César Halum (PRB-TO), favorável ao impeachment, o discurso de que "não tem crime, e sim golpe, é conversa para boi dormir." 

    • 16:16

      'Não vai ter golpe!'

      Silvio Costa (PTdoB-PE) encerra um discurso gritando que 95% da Câmara “é canalha, não tem moral, não tem dignidade, não tem ética. Vocês não vão derrubar uma mulher de respeito.” Costa prometeu buscar mais votos após seu discurso e foi saudado com gritos de “Não vai ter golpe!”

    • 16:07
      Sessão especial para discussão e votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO) sobre a abertura do processo de impeachment da presidenta da República, Dilma Rousseff

      Deputada Mariana Carvalho diz que sociedade não aguenta mais clima de desmando e corrupção

      Em entrevista exclusiva à Sputnik neste sábado, a deputada federal pelo estado de Rondônia Mariana Carvalho disse que a expectativa para a votação do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff é muito positiva para o seu partido, o PSDB, expectativa de aprovação da continuação do processo.
      Mostrar mais
    • 16:00

      'Onde vocês estão com a cabeça?'

      Durante seu longo discurso, Silvio Costa pergunta ao plenário “onde já se viu tirar a Presidente Dilma e transformar Eduardo Cunha em vice-presidente do Brasil? Onde vocês estão com a cabeça? Nós não podemos fazer isso, pessoal…”

    • 15:54

      Martin Luther King é inspiração

      Silvio Costa (PTdoB-PE) diz que vai parafrasear “um de meus ídolos” e cita o americano Martin Luther King, iniciando várias frases com “eu tenho um sonho.” Para o deputado, a Câmara é a caixa de ressonância do Brasil e “a gente não pode tirar uma presidente porque a situação econômica está difícil.”

    • 15:39
      Deputados se manifestam contra Cunha e Dilma no plenário
      Antonio Cruz/Agência Brasil

      Manifestação contra Cunha e Dilma

      Durante um momento, deputados desenrolaram uma faixa com os dizeres "Fora, Cunha" e levantaram pequenos cartazes a favor do impeachment. Alguns deles diziam "Tchau, querida", em referência a Dilma Rousseff.

    • 15:30

      Silvio Costa: julgamento mais injusto da história do Brasil

      Silvio Costa (PTdoB-PE) afirma que a sessão de hoje nem deveria existir e que o país está vivendo o julgamento mais injusto da história do país. Para ele, trata-se de tortura de parte da elite brasileira com o Presidente Dilma Rousseff.

    • 15:29
      Dilma Rousseff, presidenta do Brasil

      Dilma se defende de 'aventura golpista' em mensagem aos brasileiros

      Após a suspensão da sua divulgação através da cadeia nacional de rádio e televisão, o pronunciamento da presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, foi publicado nas redes sociais.
      Mostrar mais
    • 15:19

      Cabo Daciolo: 'Existem quadrilhas dentro do Congresso Nacional'

      Cabo Daciolo (PTdoB-RJ) opina que o problema do país não existe há apenas 13 anos (período do governo PT). Para o deputado, outros partidos como o PSDB, também são culpados pelo que está acontecendo. "Existem quadrilhas dentro do Congresso Nacional. Estou falando de malfeitores", gritou o parlamentar.

    • 15:06

      Mais Molon: juridicamente, 'não' é obrigatório

      Para o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), não há outro voto juridicamente possível que não seja o "não" ao parecer da comissão do impeachment.

    • 15:01

      Alessandro Molon critica o 'muro da vergonha'

      Alessandro Molon (Rede-RJ) diz que o “país vive um momento extremamente grave, contaminado pelo ódio, pela intolerância, simbolizado pelo muro da vergonha em frente ao Congresso Nacional.” O deputado critica a divisão nacional obtida, segundo ele, por Eduardo Cunha.

    • 14:56

      Fim de uma sessão, começo de outra

      Após o pronunciamento do deputado Aliel Machado, a sessão extraordinária foi encerrada após 30 horas. Uma nova sessão foi iniciada imediatamente em seguida, com a Rede continuando a fazer uso de seu tempo de partido.

    • 14:51
      Dilma Rousseff, presidenta do Brasil

      Oposição vai à Justiça contra nomeações do governo

      A fim de frear a suposta cooptação de votos feita pelo governo para barrar, na Câmara, o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a oposição promete recorrer à Justiça para anular nomeações a cargos públicos.
      Mostrar mais
    • 14:41

      Aliel Machado: linha de sucessão não tem moral

      Aliel Machado (REDE-PR), contrário ao impeachment, diz que o sistema político brasileiro é corrupto e está falido. “Em toda crise, joga-se um boi de piranha.” Para ele, o que está em jogo não tirar ou colocar um presidente da república. A linha de sucessão não tem condições morais sequer para pedir voto nem de administrar um país como o nosso. A população não quer Temer, muito menos Cunha.”

    • 14:21
      Michel Temer durante Convênio Nacional do PMDB, em Brasília, em 12 de março de 2016

      Temer: boatos sobre fim do Bolsa Família são ‘mentira rasteira’

      O vice-presidente do Brasil, Michel Temer, desmentiu boatos de que programas sociais como o Bolsa Família serão encerrados caso ele assuma o governo, segundo informa a Agência Brasil.
      Mostrar mais
    • 14:13

      João Derly: povo brasileiro é o maior perdedor

      O ex-judoca João Derly (REDE-RS) afirma que o Brasil testemunha uma grande briga política e, enquanto isso, o governo deixa de governar. “A coalizão liderada por PT e PMDB não consegue dar conta.” Para o deputado gaúcho, o povo brasileiro é o maior perdedor nessa briga política.

    • 14:13

      Glauber Rocha: PSOL contra o impeachment

      Glauber Rocha (PSOL-RJ) afirma que levar a cúpula do PMDB para o comando de todos os poderes não é a solução das mazelas brasileiras. O deputado afirma que seu partido é oposição ao governo, mas não aceita o impeachment.

    • 14:04

      Leonardo Quintão: há votos suficientes contra o impeachment

      Segundo o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), até agora há 367 votos a favor do impeachment. São necessários 342 votos para aprovar o relatório da comissão especial do impeachment e encaminhar o processo para o Senado.

    • 14:02

      Newton Cardoso Jr: Temer tem capacidade

      Em seu pronunciamento, Newton Cardoso Jr (PMDB-MG) afirmou confiar na capacidade do vice-presidente, Michel Temer. "Ele está preparado para enfrentar todos os desafios que virão."

    • 13:52

      Chico Lopes: forçação de barra

      Chico Lopes (PCdoB-CE): “Nunca vi pessoas indiciadas prenderem um delegado.” O deputado disse que nunca viu a elite brasileira ter coragem de ir para o confronto com o povo e, por isso, usa a imprensa e o judiciário para cassar o governo de Dilma Rousseff.

    • 13:50
      Ex-Presidente Lula em campanha contra o golpe

      Lula apela a governadores contra impeachment

      O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, neste sábado, que recorrerá a governadores para buscar votos contra a aprovação do prosseguimento de impeachment.
      Mostrar mais
    • 13:37

      Paulo Teixeira: crime contra a soberania brasileira

      O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) declarou que ocorre um grave crime contra a soberania brasileira e que não houve nem ilegalidade nem atentado contra a Constituição. Os decretos de Dilma Rousseff estão rigorosamente dentro da lei, disse Teixeira.

    • 13:35

      Carlos Gomes: 'O rei pode tudo. Os súditos, nada'

      Carlos Gomes (PROS-RS) afirmou que não há golpe quando os prefeitos cometem irregularidades e que o presidencialismo é uma monarquia disfarçada: “O rei pode tudo. Os súditos, nada.”

    • 13:27

      Ronaldo Fonseca: Judas no congresso

      Ronaldo Fonseca (PROS-DF) questiona "onde estão os Judas do Congresso, que vão trair a população, que estarão se vendendo?” O deputado diz que a Câmara não pode trair a população que foi às urnas. "Escolha um lado, mas seja fiel à sua base", pediu Fonseca aos companheiros de plenário. "A nação brasileira está querendo o impeachment. O mercado está esperando isso."

    • 13:24
      Deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP)

      Paulo Teixeira: oposição articula estelionato com roupagem legal

      O Deputado Paulo Teixeira, do PT de São Paulo, disse neste sábado em entrevista exclusiva à Sputnik ter plena convicção de que o processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff não será aprovado na Câmara neste domingo, e que o mandato da chefe de Estado eleita será respeitado.
      Mostrar mais
    • 13:19

      'Eles não querem ouvir. Eles são golpistas'

      Interrompido por deputados a favor do impeachment e por gritos no plenário, Odorico Monteiro gritou durante seu pronunciamento: “Eles não querem ouvir. Eles são golpistas.” Após uma nova interrupção, o deputado foi irônico: “Os golpistas estão animados.”

    • 13:17

      Odorico Monteiro: a favor do legado de Lula e Dilma

      O deputado Odorico Monteiro (PROS-CE) se disse preocupado com a discussão sobre a situação de uma presidente que foi torturada pela ditadura. Ele afirmou que a democracia é um grande legado do século XX e que o Brasil é um país jovem. "Me orgulho de defender os legados dos governos Lula e Dilma para o Nordeste.”

    • 13:03

      Mais gritos de 'Fora, PT'

      O pronunciamento do deputado Felipe Bornier é atrapalhado por novos gritos de “Fora, PT” vindo de deputados no plenário.

    • 13:01

      Felipe Bornier: 'Não vou compactuar com esse governo corrupto'

      Felipe Bornier (PROS-RJ), a favor do impeachment, falou que o governo cometeu crime de responsabilidade, analisado por juristas renomados. O deputado disse: “Não tenho rabo preso com esse governo ou com o governo do meu estado. Tenho a liberdade de votar com a população e dos meus eleitores. Não vou compactuar com esse governo corrupto.”

    • 12:47

      Major Olímpio: crimes de Lula e Dilma são vergonha

      O deputado Major Olímpio (Solidariedade-SP) afirmou que “é o momento de acabarmos com essa vergonha que temos em nosso país. É uma vergonha os crimes cometidos por Lula e Dilma.” O deputado encerrou o discurso gritando “não sou golpista!”

    • 12:42

      Roberto Balestra: 'Estamos aqui defendendo a legalidade’

      Roberto Balestra (PP-GO) critica o governo por classificar como golpistas os deputados que estão a favor do impeachment: “Não posso admitir. Creio que esta Casa, de cabeça erguida, não irá permitir que sejamos tratados como golpistas. Estamos aqui defendendo a legalidade, o estado de direito do povo brasileiro, de não concordar com as coisas erradas que estão sendo feitas no Brasil. Vamos votar a favor do impeachment.”

    • 12:38

      Odelmo Leão: 'Sucatearam nossa indústria'

      Odelmo Leão (PP-MG) critica o governo petista e diz que ”sucatearam nossa indústria”. Ele revela favorável ao impeachment: "Vou votar a favor de um Brasil novo. Eu voto pelo impeachment.”

    • 12:31

      Luciano Ducci: governo comete pedalada moral

      Luciano Ducci (PSB-PR) mostra-se favorável ao impeachment. "Uma pedalada fiscal é fraude, e fraude é crime.” O deputado afirmou que o governo não cumpriu o que prometeu durante a campanha eleitoral e, por isso, comete “pedalada moral”.

    • 12:23

      Mara Gabrilli: sobram crimes no país

      Mara Gabrilli (PSDB-SP), enrolada em uma bandeira do Brasil diz que sobram crimes no país: de irresponsabilidade fiscal, de improbidade administrativa, de falsidade ideológica, de extorsão. “Crime de extorsão o PT aprendeu a fazer muito bem.” A deputada também diz que Dilma fez vista grossa em relação ao caso de Pasadena.

    • 12:20

      Takayama: 'Governo tem vocação de caudilho'

      O deputado Takayama (PSC-PR) afirmou que “esse governo tem vocação de caudilho” e foi incisivo ao apontar a arrogância de Dilma Rousseff na presidência da república: “A senhora achou-se no direito de fazer o que quisesse. Não pode.”

    • 12:15

      Hélio Leite pede investimentos no Brasil

      Hélio Leite (DEM-PA), favorável ao impeachment, criticou os investimentos feitos pelo governo em outros países. Para ele, o Brasil deveria aplicar recursos dentro do próprio país.

    • 12:09

      Coro de 'Fora, Cunha' interrompe seção

      Ao fim do pronunciamento de Luiza Erundina, deputados desenrolam faixa com os dizeres “Fora, Cunha”. Muitos dos parlamentares gritam “Fora, PT” em coro.

    • 12:02
      Dilma Rousseff, presidenta do Brasil

      Dilma se defende de 'aventura golpista' em mensagem aos brasileiros

      Após a suspensão da sua divulgação através da cadeia nacional de rádio e televisão, o pronunciamento da presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, foi publicado nas redes sociais.
      Mostrar mais
    • 11:57

      Luiza Erundina: sistema político está esgotado

      Luiza Erundina (PSOL-SP) fala que a imprensa brasileira é uma “mídia monopolizada”, que faz uma “seleção dos fatos” de acordo com seus interesses. Para a deputada, a veiculação das notícias têm peso na questão do impeachment e coloca em risco a democracia e o estado democrático de direito. Erundina também fala no “esgotamento do sistema político brasileiro” e pede mudanças na legislação eleitoral.

    • 11:49

      Edmilson Rodrigues fala de crise moral no país

      Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) fala de uma “crise moral” na política e afirma que vários deputados não têm moral para falar de corrupção e democracia. "Qual foi o crime que a presidente Dilma cometeu?”. Segundo o deputado, “o impeachment, para quem não cometeu crime, é uma violência (...). A presidente Dilma não cometeu nenhum crime. Vamos derrotar o golpe.”

    • 11:32

      Chico Alencar denuncia ‘podridão do sistema’

      O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) diz que falta ao Brasil olhar as causas estruturais de seus problemas. “Você não decreta o fim das classes sociais por um decreto ou ato de vontade.” Alencar fala que não pode prosseguir a “podridão do nosso sistema político-partidário, alimentado pelo dinheiro alto.”

    • 11:28

      Jean Wyllys engrossa coro de dilma

      O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) afirma que o processo de impeachment é um “golpe parlamentar, um golpe contra democracia” e diz que o processo a ser votado é uma tentativa de cassar os 54 milhões de votos que elegeram Dilma Rousseff para a presidência da república.

    Ao vivo
    AO VIVO: assista à fase de discursos individuais sobre o impeachment
    +
    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)

    Mais:

    Cunha garante que impeachment será votado no domingo
    Atos contra impeachment marcam dia de sexta-feira no país
    Oposição perde dois votos e aprovação do impeachment fica comprometida
    Tags:
    plenário, impeachment, Câmara dos Deputados, Dilma Rousseff, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar