11:22 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    417
    Nos siga no

    O vice-presidente Michel Temer entrou com um pedido nesta quarta-feira (13) junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que o processo que pede a cassação do mandato da Presidenta Dilma Rousseff sejam responsabilizados de forma separada.

    De acordo com a Agência Brasil, a defesa do vice-presidente alega que caso o TSE julgue procedente a ação de investigação, Temer não deveria receber a mesma sanção que Dilma, já que as acusações são de que somente a Presidenta e o Partido dos Trabalhadores teriam feito a arrecadação ilícita de campanha.

    Segundo o Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, a ação de cassação da chapa Dilma-Temer pode ficar para o segundo semestre do ano ou até mesmo para o ano que vem.

    Mais:

    Jaques Wagner: Se Governo derrubar o impeachment, só resta a Michel Temer a renúncia
    Vaza áudio de Temer falando como se impeachment já tivesse sido aprovado pela Câmara
    Ministro Marco Aurélio x Eduardo Cunha: na pauta, o impeachment de Michel Temer
    Tags:
    TSE, Agência Brasil, Gilmar Mendes, Dilma Rousseff, Michel Temer, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar