23:03 16 Maio 2021
Ouvir Rádio

    Deputado Carlos Zarattini: ‘Não existe compra de voto’

    Brasil
    URL curta
    733
    Nos siga no

    O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, embora ainda formalmente impedido de exercer efetivamente a chefia da Casa Civil, pasta para a qual foi nomeado em março pela Presidenta Dilma Rousseff, vem trabalhando ativamente pelo Governo.

    Uma de suas tarefas tem sido a de se empenhar junto aos deputados ainda indecisos pelo prosseguimento do processo de impeachment e seu consequente encaminhamento ao Senado Federal, no sentido de convencê-los a votar a favor do Governo. Além disso, Lula tem defendido que a Presidenta Dilma Rousseff retome com todo o vigor o cumprimento dos programas sociais e adote medidas urgentes para reativar a economia nacional.

    Para o Deputado Federal Carlos Zarattini (PT-SP), que falou à Sputnik Brasil, "é inquestionável a contribuição do ex-Presidente Lula à melhora das condições de vida das camadas mais humildes da população brasileira, e por isso ele deve ser fortalecido em sua luta". 

    Lula, que teve a posse sustada por decisão do Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, aguarda a apreciação do Plenário do STF para saber se poderá exercer a chefia da Casa Civil. Em recente entrevista, a Presidenta Dilma Rousseff revelou que, de uma forma ou de outra, Lula fará parte do seu Governo, "não importa se como ministro ou se como assessor especial".

    O Deputado Carlos Zarattini considera que “o ex-presidente tem uma confiabilidade muito grande”.

    “Lula exerceu um papel muito importante no Brasil, fez um governo considerado por 40% da população brasileira – ainda mesmo sob todos os ataques contra ele – o melhor governo da História do Brasil. Uma pessoa que tem a capacidade de articulação, de envolvimento, de trazer as pessoas para um objetivo maior, que é de fazer o Brasil prosseguir na democracia, retomando o crescimento e a distribuição de renda.”

    Sobre a onda de boatos dos últimos dias, a respeito da atuação de Lula e de que estariam sendo comprados votos de parlamentares para impedir o impeachment, o Deputado Carlos Zarattini é taxativo:

    “Isso é absolutamente falso, não existe nenhum tipo de compra de voto. Existe, sim, uma discussão de composição política depois da votação do impeachment no domingo.”

    Mais:

    Mulheres em Defesa da Democracia repudiam machismo e discriminação contra Dilma
    Relator apresenta parecer favorável a processo de impeachment de Dilma Rousseff
    'Ô, Tâniazinha': Dilma protagoniza vídeos virais de respostas 'boladas' a jornalista
    Tags:
    não vai ter golpe, crescimento econômico, golpe de Estado, golpe, democracia, mobilização, PT, Carlos Zarattini, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar