12:42 23 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Escola ocupada por estudantes no Rio de Janeiro

    Estudantes ocupam 8 escolas no RJ por melhorias na educação

    Foto divulgação
    Brasil
    URL curta
    520

    O número de escolas ocupadas por estudantes no Estado do Rio de Janeiro já subiu para oito nesta segunda-feira (4). Os alunos protestam contra a deterioração das educação no Estado, pedindo investimentos em uma educação de qualidade, além de manifestar apoio ao movimento dos professores, que entraram em greve no dia 2 de março.

    Seguindo o exemplo das manifestações em São Paulo, onde em dezembro de 2015 cerca de 200 escolas foram ocupadas pelo movimento estudantil contra a reestruturação do sistema de ensino, os estudantes no Rio de Janeiro já ocupam 8 escolas em bairros como Méier, Penha, Ilha do Governador, além dos municípios de Maricá e Araruama.

    O Rio de Janeiro tá bombando! Só hoje já foram 6 escolas ocupadas!Segue a lista das 8 escolas ocupadas até o momento!…

    Publicado por Escolas do RJ em luta em Segunda, 4 de abril de 2016

     

    O movimento dos estudantes reivindica pontos como a abolição do currículo mínimo, a gestão democrática com a participação da comunidade escolar, a abolição de metas, a volta dos porteiros, eleições dos diretores, criação de uma grade de disciplinas eletivas, fim da superlotação e livre organização do Grêmio Estudantil.

    “A mobilização dos estudantes do Rio de Janeiro já completou um mês. As manifestações se espalharam por dezenas de cidades do estado e as escolas já começam a ser ocupadas pelos seus estudantes, professores, pais e mães, como instrumento de pressão ao governo de Luiz Fernando Pezão e a SEEDUC RJ, além de iniciarem um processo muito rico de tomarem em suas mãos a educação pública do RJ. Nosso movimento só vai crescer”, diz a mensagem no facebook da página ‘Escolas em Luta – RJ’. 

    Os alunos também protestam o corte de 500 milhões de reais na educação do Estado por parte da gestão do Governador Pezão, criticando a deterioração da infra-estrutura nas escolas, gerando supelotação nas salas de aula e corte nas merendas, por exemplo.  

    Mais:

    Vitória dos estudantes: Alckmin decide suspender fechamento de escolas em São Paulo
    MP e Defensoria tentam impedir fechamento de escolas em SP
    PM lança bombas contra manifestação de estudantes em São Paulo
    Polícia Militar usa bombas de efeito moral contra estudantes em São Paulo
    Tags:
    ocupação, protesto, estudantes, escolas, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar