12:01 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Na Paulista, Lula participa de ato contra impeachment, 18 de março de 2016
    Juca Varella / Agência Brasil

    Lula diz que impeachment sem motivo é golpe e que mídia cria clima de ódio no país

    Brasil
    URL curta
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    41206

    O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu nesta segunda-feira, 28, entrevista coletiva em que criticou a Operação Lava Jato e disse que impeachment contra Dilma é golpe.

    Lula, que tomou posse como ministro-chefe da Casa Civil no dia 17 mas por conta de uma batalha judicial ainda não pôde assumir o cargo, fez um resumo da sua trajetória política e afirmou que quer ajudar o Governo da Presidenta Dilma, mesmo que seja apenas como conselheiro.

    O ex-presidente voltou a dizer que pode contribuir com o Brasil e acredita que é possível mudar a situação de crise em pouco tempo, para que a economia volte a crescer.

    “Como eu sou otimista, acredito piamente que é plenamente possível recuperar o Brasil, fazer o país voltar a crescer”, garantiu Lula. “Nós temos um mercado interno extraordinário, ávido por comprar qualquer coisa que a gente possa vender a preço factível, por pequenas e suaves prestações mensais, que é cultura neste país. Eu acredito que se nós utilizarmos o potencial do nosso mercado interno, garantirmos crédito para esse povo trabalhador, garantirmos financiamento para obra de infraestrutura, nós podemos fazer com que o país volte a dar um salto de qualidade no crescimento econômico.”

    Lula criticou o processo de impeachment contra a presidente e defendeu Dilma afirmando que não há motivos para o processo, pois ela não cometeu nenhum crime. Para o ex-presidente, o processo de impeachment é uma tentativa de golpe contra a democracia.

    O presidente do Senado, Renan Calheiros, durante entrevista no Congresso Nacional
    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    “Impeachment sem base legal, sem crime de responsabilidade, é golpe – essa é a palavra correta. O que está se tentando fazer neste país, neste momento, é encurtar o mandato da Presidenta Dilma Rousseff através de um golpe, que tem como único motivo interesses políticos. Se as pessoas querem chegar à Presidência da República neste país terão que ter a mesma paciência que eu tive. Mas é importante que a oposição ou aqueles que querem disputar percebam que só vale a pena chegar ao Governo pelo jogo democrático, pela disputa democrática, porque a democracia que vai garantir chegar lá é a mesma que vai garantir o exercício do mandato. O meio escuso que alguém utilizar para chegar ao poder vai ser o mesmo meio que vai derrubar essas pessoas.”

    O ex-Presidente Lula acusou ainda  a oposição de tentar impedir que Dilma governe, e também a mídia por criar um clima de ódio no país, situação que ele comparou com a vivida na Venezuela.

    “Estou plenamente convencido de que o ódio que está estabelecido neste país, a animosidade que foi constituída neste país depois das nossas eleições – porque é importante lembrar que as eleições foram muito disputadas, é importante lembrar que durante a campanha eu nunca tinha visto uma mulher ser vítima de tanta agressão como foi a Dilma –, e depois da eleição me parece que a oposição resolveu não permitir que a Dilma governasse o Brasil, e com uma parte da mídia brasileira que corrobora para que o clima de ódio fique estabelecido nas ruas deste país.”

    Sobre a questão da corrupção e das investigações da Lava Jato, em que o ex-presidente teve conversas interceptadas pela Polícia Federal e divulgadas pela Justiça, Lula criticou os métodos usados pela operação, o exagero de exposição de pessoas sem ainda serem condenadas, e ressaltou os prejuízos trazidos para a economia brasileira.

    “É importante, sim, que esteja se apurando a corrupção, é importante que a gente investigue quem pegou dinheiro, quem roubou. Agora, é necessário fazer disso um espetáculo? É necessário fazer disso um Big Brother [o reality show da TV]? Ou isso pode ser feito de forma silenciosa? Alguém já parou para fazer um estudo dos efeitos dessa pirotecnia na economia brasileira. Quanto do PIB já caiu por causa disso? Quanto de investimento deixou de acontecer neste país por conta disso? Quanto de emprego deixou de ser gerado ou quantos salários deixaram de ser pagos por conta disso?”

    Tema:
    Pedido de impeachment de Dilma Rousseff (132)
    Tags:
    golpe, impeachment, Lula, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar