12:00 02 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    894
    Nos siga no

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta sexta-feira (11), em Madri, do fórum “O desafio dos emergentes”, organizado pelo jornal espanhol El Pais e voltou a defender a presidente Dilma Rousseff.

    "Não há base legal ou jurídica para o impeachment de Dilma. Trata-se de um ataque moral à democracia", afirmou Lula.

    Segundo ele, a chefe de Estado é “uma pessoa de muito caráter e muito decente”. O ex-presidente também afirmou que o processo de impeachment “não chegará a lugar nenhum”. Lula disse que a “crise conjuntural demorou mais tempo do que deveria”, mas destacou que a “crise política atrasou a adoção das reformas necessárias”.

    O ex-presidente acredita que o pedido do processo de impeachment, classificada por ele como uma tentativa desesperada do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, está provocando uma imagem pior da economia brasileira nos últimos 10 anos do que a real.

    Participando junto com Lula do fórum, o ex-presidente da Espanha, Felipe González, pediu aos empresários espanhóis para que ajudem na recuperação da economia brasileira.

    "Os empresários espanhóis tem que aproveitar esse momento de dificuldade para ajudar e investir no Brasil e na América Latina. Porque as perspectivas a médio prazo são mais consistentes do que na velha Europa", afirmou González.

    Tags:
    ataque moral, defender, crise política, fórum, empresários, golpe, democracia, impeachment, crise econômica, O desafio dos emergentes, El Pais, Felipe González, Luiz Inácio Lula da Silva, Lula, Eduardo Cunha, Dilma Rousseff, Madrid, Europa, Espanha, América Latina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar