21:04 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1861
    Nos siga no

    O vice-presidente da República, Michel Temer, declarou na noite desta quarta-feira, após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, que terá uma relação com a presidenta de modo "institucional" e que seja "a mais fértil possível".

    Os dois se reuniram esta noite durante pouco mais de 50 minutos no Palácio do Planalto. Depois da conversa, o vice-presidente afirmou que faria uma declaração de apenas uma frase, e não respondeu a perguntas dos jornalistas.

    "Combinamos, eu e a presidenta Dilma, que nós teremos uma relação pessoal, institucional que seja a mais fértil possível", disse, informou Agência Brasil.

    Os ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) participaram do encontro.

    Logo após, a presidente divulgou um comunicado:

    "Na nossa conversa, eu e o vice-presidente Michel Temer decidimos que teremos uma relação extremamente profícua, tanto pessoal quanto institucionalmente, sempre considerando os maiores interesses do País", diz a nota presidencial.

    Mais:

    Tiro pela culatra: Temer se queima ainda mais após vazamento de carta a Dilma
    Conselho das Igrejas Cristãs do Brasil critica tentativa de impeachment de Dilma
    Opinião: Lula e Dilma contam com o apoio dos movimentos sociais
    Dilma afirma que única justificativa para impeachment é criar atalho para a presidência
    Tags:
    política, PT, PMDB, Presidência da República, Ricardo Berzoini, Jaques Wagner, Michel Temer, Dilma Rousseff, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar