20:40 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Carcaças de carne no frigorífico

    Pecuária: valor da produção brasileira atingirá R$ 195 bilhões este ano

    © Sputnik/ Ruslan Krivobok
    Brasil
    URL curta
    131

    Nesta quarta-feira (14), foi divulgado o desempenho do Valor Bruto da Produção (VBP) do setor pecuário, que deverá atingir R$ 195,2 bilhões no final deste ano, de acordo com estimativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

    Com isso, a perspectiva é de um aumento  de 7,2% em relação ao VBP de 2014, que somou R$ 182 bilhões. O setor que mais deve faturar é o de carne bovina, estimado em R$ 96,5 bilhões, com acréscimo de 14,5% em relação aos R$ 84,2 bilhões arrecadados no ano passado. 

    A produção de carne bovina foi estimada em aproximadamente 10 milhões de toneladas, com aumento de 2,1% no ano. 

    A receita com exportações do produto bateram recorde no mês de setembro, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O Brasil obteve divisas de US$ 1,7 bilhão, devido à valorização do dólar e ao aumento do volume exportado. 

    O Brasil é hoje o segundo maior produtor de carne bovina do mundo, responsável por 17% da produção total, e pode superar os Estados Unidos até 2020. O país também ocupa a liderança no ranking mundial de exportação. De janeiro a setembro foram embarcadas 977 mil toneladas e a receita soma US$ 4,2 bilhões. 

    Dono do segundo maior rebanho, com mais de 210 milhões de cabeças, o Brasil tem um segmento de carne bovina em crescimento, que movimenta R$ 167,5 bilhões por ano e gera aproximadamente 7 milhões de empregos, informou Agência Brasil. 

    Os principais destinos da carne bovina brasileira são: Hong Kong, Rússia, Venezuela e Egito. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), somente em 2014, o Brasil vendeu carne in natura para 151 países e industrializada para 103 nações.

    Tags:
    carne, produção, exportação, pecuária, Abiec, CNA, Cepea, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik