13:54 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio

    Ministra antecipa aos parlamentares propostas para a conferência da ONU sobre o clima

    Brasil
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    A Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, apresentou à Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados algumas das propostas do Brasil para a 21ª Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas, a Cop 21, a ser realizada no final do ano, na França.

    Durante o encontro, a Ministra garantiu aos deputados da Comissão que a crise econômica brasileira não vai prejudicar os compromissos do país com as políticas voltadas para a questão das mudanças climáticas.

    Izabella Teixeira explicou para os parlamentares  que o documento a ser apresentado na Cop21 terá como metas o fim do desmatamento na Amazônia, a ampliação e a manutenção dos biomas brasileiros e a restauração florestal do país.

    A Ministra destacou que o Brasil é hoje um dos principais países no mundo a apresentar índices cada vez maiores de combate à redução de gases do efeito estufa. “O Brasil já faz voluntariamente, já é o país que mais reduz emissões, comparando com todos os países no mundo. A expectativa nossa é de que a gente possa apresentar nossa ambição para Paris, dialogando de 2020 a 2030 uma trajetória de desenvolvimento em que você concilia proteção ambiental, produção e desenvolvimento. A chamada economia de baixo carbono.”

    Izabella Teixeira acredita que a participação do Brasil na Conferência do Clima vai colocar o país de vez no caminho da sustentabilidade. “É uma oportunidade para o Brasil em investimentos na agricultura de baixo carbono, na nova economia florestal, em uma matriz energética equilibrada entre combustíveis fósseis e renováveis, uma matriz energética que amplia a participação de biocombustíveis, por exemplo. Aquilo que o país já lidera. Já possui domínio tecnológico. E pode dar um salto a mais em tecnologia.”

    De acordo com a Ministra a capacidade de inovação tecnológica no ramo da sustentabilidade pode ajudar com que o país se transforme no maior produtor de alimentos do mundo em 2024, sem o desuso excessivo da terra.

    O Deputado Sarney Filho (PV-MA), que solicitou a audiência pública, defendeu durante o encontro que o Parlamento tenha um maior participação nas propostas do Governo para a Conferência do Clima e que as metas brasileiras apresentadas na Cop21 façam parte de um futuro projeto de lei da Comissão de Meio Ambiente. “Esse processo todo, ele não teve a participação do Congresso Nacional. Pelo que foi dito aí, a Presidenta Dilma Rousseff vai anunciar agora no final do mês as metas que o Brasil vai levar para a Cop 21. Nós vamos esperar que essas metas se tornem públicas, e agora surgiu muito forte a ideia de que a partir dessas metas anunciadas a gente possa fazer aqui uma atualização na política nacional de climas.”

    A Conferência de Paris, vai contar com a participação de representantes de cerca de 100 nações para debater novos compromissos para impedir o avanço das emissões de gases de efeito estufa e amenizar as mudanças climáticas.

    Tags:
    biocombustível, biodivesidade, carbono, meio ambiente, ecologia, COP 21, Congresso Nacional, Izabella Teixeira, Amazônia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar