05:13 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 32
    Nos siga no

    A possível saída do vice-presidente da República, Michel Temer, do papel de articulador político do Planalto foi comentada nesta segunda-feira (24) pelo Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, durante coletiva à imprensa após a reunião de coordenação com a Presidenta Dilma Rousseff.

    Segundo o Ministro, o assunto não foi uma das questões tratadas durante o encontro com Dilma, mas ele ressaltou que Michel Temer é um colaborador permanente da presidenta e tem tido uma conduta muito solidária a ela e ao Governo.

    Para Kassab, mesmo que Temer saia da função de articulador, ele vai continuar tendo um papel importante junto ao Congresso Nacional.

    “Não me cabe aqui falar por ele. É o vice-presidente da República e todos sabem das suas atribuições e a atribuição política inerente à vice-presidência da República e à sua carreira, à sua história de vida. Portanto, no momento certo ele vai se posicionar. O vice-presidente, desde o início da primeira gestão da Presidenta Dilma, tem tido uma participação e uma ação política cada vez maior. A minha sensibilidade e o meu sentimento é que continuará tendo. O seu papel tem sido de suma importância para as ações do Governo junto ao Congresso, junto à sociedade. E não é com um cargo ou com outro cargo que a sua importância diminuirá”.

    Segundo Kassab, o próprio Ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, que tem feito atualmente o trabalho em conjunto e em apoio ao vice-presidente nas tarefas da articulação política, disse com muita naturalidade à Presidenta Dilma que, enquanto for necessária a sua presença à frente dessas funções, ele fará, mesmo todos sabendo da sua preferência em se dedicar mais ao Ministério da Aviação Civil.

    “Em relação ao Ministério das Secretarias de Relações Institucionais, todos sabem do trabalho em conjunto que Michel Temer faz com o Ministro Eliseu Padilha. E o ministro Padilha deixou claro que enquanto for necessária sua presença, a Presidenta poderá continuar contando com ele. Sempre ressaltando, e não foi a primeira vez que ele (Eliseu Padilha) falou, que gostaria de se envolver cada vez mais no Ministério da Aviação, mas ele tem dado desde o início quando foi convidado para essas funções, uma dedicação em período integral aos dois ministérios. Eu acredito que continuará a sua dedicação enquanto for necessário, até por suas palavras”.

    O Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, também ressaltou a importância que tem tido o vice-presidente Michel Temer no apoio ao Governo, e não importa a função que ele vá ocupar, pois as contribuições dele são sempre bem-vindas.

    “O vice-presidente tem sido vital na construção da agenda do governo e na sua aprovação no Congresso. Eu tenho certeza de que qualquer que seja o cargo que ele achar melhor, a função que ele achar melhor que ele possa desempenhar, ele vai continuar sendo um importante agente de apoio e de construção de solução. Não é só de apoio também, é de contribuição. Várias propostas que nós apresentamos foram melhoradas por contribuição e sugestão do vice-presidente”.

    Michel Temer já tinha colocado a sua função de articulador político à disposição da Presidenta Dilma desde a primeira semana de agosto, após depoimento que deu a jornalistas quando disse que a crise política era grave e que alguém tinha que unificar o país. Na ocasião, disse que a sua declaração foi mal interpretada por alguns ministros petistas como conspiração contra o governo, mas na época, a Presidenta rejeitou sua saída.

    Desta vez, a saída de Temer das relações institucionais teria sido consolidada no final da manhã desta segunda-feira após conversa com a Presidenta Dilma. Mesmo saindo das negociações de cargos e emendas parlamentares com a base governista, ele teria se comprometido a continuar ajudando a presidenta nas relações do governo com os poderes Judiciário e Legislativo, porém, tratando apenas de articulações mais elevadas.

    Tags:
    política, Nelson Barbosa, Eliseu Padilha, Michel Temer, Dilma Rousseff, Gilberto Kassab, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar