04:29 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Trânsito complicado na Avenida 23 de maio, em São Paulo

    1,2 milhão de carros e motos circulam com defeito de fabricação no Brasil

    Oswaldo Corneti / Fotos Públicas
    Brasil
    URL curta
    Geórgia Cristhine
    0 23403

    Balanço dos recalls divulgados pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça feito em vários produtos em 2014 aponta perigo nas ruas e estradas brasileiras. Os carros e motos lideram o ranking dos recalls no país.

    Os recalls são as convocações feitas pelos fabricantes aos consumidores, para que troquem produtos ou peças que compraram e que têm defeitos de fabricação. O problema é que muitos consumidores não se dão conta da importância de atender aos chamados das empresas.

    Em 2014 foram realizadas 120 campanhas de recall em todo o país, e mesmo assim 62% dos motoristas não foram fazer a substituição das peças. Com isso, há atualmente cerca de 1 milhão e 200 mil carros circulando com algum problema de fabricação.

    Para a Secretária Nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva, o momento é de conscientização dos consumidores, para diminuir cada vez mais os riscos para a sociedade. “É preciso a coparticipação dos consumidores para que esses produtos que estão no mercado e que são inseguros possam ser retirados e substituídos, reduzindo os riscos para a sociedade.”

    Ainda de acordo com o balanço da Secretaria, nos chamamentos dos consumidores que compraram medicamentos e cadeiras plásticas, por exemplo, nenhum consumidor compareceu para fazer a substituição do produto.

    E as bebidas, das quase 310 mil registradas com problemas de fabricação, principalmente o leite, com possível quantidade de formal, apenas 1,5% dos que compraram responderam ao recall.

    Segundo a Secretaria Nacional do Consumidor, a quantidade de recalls feita no Brasil ainda é menor do que em outros países e a ação está prevista em lei. O fabricante será obrigado a indenizar por um produto defeituoso.

    Nos Estados Unidos foram 1.580 recalls em 2014, e a lista também foi liderada pelos veículos automotivos. Já nos países da União Europeia, foram 2.755 os chamados para reparo ou troca de produtos.


    Tags:
    veículos, motos, carros, recall, Secretaria Nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva, União Europeia, EUA, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik