07:46 24 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Justiça italiana aceita pedido de extradição de Henrique Pizzolato

    Justiça italiana aceita pedido de extradição de Henrique Pizzolato

    Ed Ferreira / Estadão Conteúdo
    Brasil
    URL curta
    0 23402

    O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão no processo do Mensalão, mas fugiu para a Itália.

    A Corte de Cassação de Roma aceitou nesta quinta-feira, 12, o pedido de extradição feito pelo Brasil do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato. Ele é um dos condenados do processo do Mensalão e está sentenciado a 12 anos e sete meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro. Há um ano e cinco meses, o executivo fugiu para a Itália.

    A decisão, porém, ainda precisa passar pelo crivo do Ministro da Justiça italiano, Andrea Orlando. Assim que for notificado oficialmente, ele terá 20 dias para acatar a decisão da corte romana, que entendeu que o Brasil tem todas as condições de garantir a segurança de Pizzolato em um presídio. O desrespeito pelos direitos humanos foi argumentado pela defesa do ex-diretor do BB contra o pedido de extradição.

    Em outubro, o Tribunal de Bolonha havia negado uma solicitação semelhante do governo brasileiro. A Interpol já foi acionada e prepara uma operação para prender Pizzolato, que está em Formiginia.

    Tags:
    Extradição, Mensalão, Prisão, Interpol, Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, Itália, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik