19:43 30 Março 2017
Ouvir Rádio
    Pôr do sol em Ipanema

    Ministro de Minas e Energia fala de ampliação do horário de verão por mais um mês

    © AFP 2017/ CHRISTOPHE SIMON
    Brasil
    URL curta
    0 9122

    A hipótese de estender o horário de verão leva em consideração a crise do setor elétrico.

    O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse nesta quinta-feira, 5 de fevereiro, que o governo estuda ampliar o período de vigência do horário de verão. Segundo ele, o regime vigoraria um mês a mais além de 22 de fevereiro, data quando deveria acabar.

    Em vigor desde 19 de outubro do ano passado, o horário de verão é aplicado em dez Estados (Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo) e Distrito Federal. Durante o horário de verão, os relógios são adiantados em uma hora.

    A hipótese de estender o horário de verão leva em consideração a crise do setor elétrico, agravada pela pouca chuva verificada no Sudeste e Centro-Oeste recentemente, o que tem afetado os níveis dos reservatórios das hidrelétricas. Na edição anterior, a adoção do horário especial permitiu economia de R$ 400 milhões.

    Ontem, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) aumentou de 4,9% para 7,3% o risco de desabastecimento de eletricidade na região Sudeste/Centro-Oeste neste ano. A alteração significa a admissão de que o risco de falta de luz ultrapassou o limite de 5% tolerado pelo Conselho Nacional Política Energética (CNPE). 

    fonte: Estadão Conteudo

    Tags:
    Horário de verão, Eduardo Braga, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik