01:29 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2426
    Nos siga no

    A China teria enviado vários navios militares para escoltar o grupo naval de dois porta-aviões (um norte-americano e um britânico) no mar do Sul da China, que está conduzindo exercícios conjuntos com seis nações.

    Uma imagem compartilhada por Duan Dang, um observador de assuntos navais, mostra o grupo de ataque do porta-aviões USS Carl Vinson e o grupo do porta-aviões britânico HMS Queen Elizabeth navegando na costa ocidental das Filipinas no dia 5 de outubro.

    ​Os grupos de ataque dos porta-aviões USS Carl Vinson e do HMS Queen Elizabeth no mar do Sul da China hoje.

    Na imagem também é possível observar navios "desconhecidos", supostamente da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China, monitorando ambos os grupos de ataque.

    Os exercícios contarão com navios e aeronaves dos EUA, Japão, Austrália, Canadá e Nova Zelândia, segundo o portal Newsweek.

    Na terça-feira (5), as Forças de Autodefesa do Japão anunciaram ter concluído com êxito o treinamento de pouso e decolagem de caças F-35B da Marinha dos EUA em seu porta-helicópteros modificado, o Izumo.

    Na segunda-feira (4), os grupos dos porta-aviões norte-americano e britânico navegaram no mar do Sul da China, através das águas do sul de Taiwan.

    Mais:

    Navio de guerra alemão dirige-se ao mar do Sul da China em meio à tensão do Ocidente com Pequim
    Reino Unido decidiu não desafiar águas territoriais chinesas no mar do Sul da China, diz Pequim
    Índia afirma presença naval no mar do Sul da China em meio a oposição dos EUA à 'agressão' de Pequim
    Tags:
    Marinha, Marinha chinesa, Marinha dos EUA, Marinha da China, Mar do Sul da China, EUA, porta-aviões
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar