20:45 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3514
    Nos siga no

    A explosão atingiu a capital afegã quando o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) realizava o primeiro comício em massa fora da cidade para celebrar sua vitória.

    Uma bomba atingiu a entrada de uma mesquita em Cabul matando diversas pessoas, segundo um porta-voz do Talibã.

    O número de pessoas mortas em decorrência da explosão ainda permanece desconhecido. Até o momento nenhum grupo assumiu a responsabilidade do ataque.

    De acordo com o porta-voz do Talibã, Qari Saeed Khosti, pelo menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas. Ele também informou que três suspeitos de estarem ligados ao ataque terrorista foram detidos.

    Contudo, fontes afirmam à Sputnik que a explosão deixou pelo menos 12 mortos e 32 feridos.

    A situação no país permanece tensa, com o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) executando ataques mortais ao longo do Afeganistão desde que o Talibã assumiu o poder no país.

    No início de agosto, os talibãs intensificaram sua ofensiva contra as forças governamentais do Afeganistão. Em 15 de agosto eles entraram em Cabul e no dia seguinte declararam a conclusão da guerra.

    Na noite de 31 de agosto, os militares americanos deixaram o aeroporto da capital afegã, pondo fim à presença de quase 20 anos dos EUA no país centro-asiático. Em 7 de setembro, foi anunciada a composição do governo provisório do Afeganistão.

    Mais:

    Talibãs prontos a tomar todas as medidas para descongelar ativos afegãos nos EUA, diz representante
    Forças afegãs treinadas pela CIA recebem ameaças de morte do Talibã, diz jornal
    Talibã teria encontrado US$ 6 milhões e ouro na casa do 'presidente interino' afegão Saleh (VÍDEO)
    Tags:
    Afeganistão, Talibã, explosão, mortos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar