06:42 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4473
    Nos siga no

    Pequim anunciou a expulsão de um destróier de mísseis guiados dos EUA, que navegou pelo mar do Sul da China sem autorização.

    O Exército de Libertação Popular (ELP) da China expulsou o destróier de mísseis guiados norte-americano USS Benfold, após a embarcação navegar nesta quarta-feira (8) nas proximidades do recife Mischief, nas ilhas Spratly, no mar do Sul da China, sem ter obtido autorização, anunciou o porta-voz do Comando do Teatro Sul do ELP, Tian Junli.

    As ações dos EUA "violaram gravemente a soberania e segurança chinesa, o que é uma evidência sólida adicional de sua hegemonia de navegação e militarização agressiva" do mar, declarou.

    O porta-voz afirmou que o Comando do Teatro Sul da China vai "permanecer em alerta máximo e garantirá firmemente a soberania e segurança nacional, bem como a paz e a estabilidade na região".

    Recentemente, a Administração de Segurança Marítima da China informou que, de acordo com as novas medidas que passaram a vigorar desde quarta-feira (1º), as embarcações estrangeiras entrando no mar territorial chinês devem comunicar informações sobre o navio e sua carga às autoridades marítimas do gigante asiático.

    Esta nova medida surge enquanto as tensões entre Pequim e Washington vêm se intensificando nos últimos meses, especialmente devido à presença militar das nações ocidentais lideradas pelos EUA na região disputada.

    Mais:

    HMS Defender, que violou fronteira russa, estaria no mar do Sul da China apesar de avisos chineses
    EUA classificam reivindicações de Pequim sobre mar do Sul da China como 'coercitivas' e 'ilegais'
    Marinha dos EUA intensifica atividades de espionagem no mar do Sul da China
    Tags:
    China, Mar do Sul da China, Marinha, Marinha, Marinha chinesa, Marinha dos EUA, destróier, destróieres
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar