14:04 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    31019
    Nos siga no

    Os EUA enviaram quatro aviões de reconhecimento e um dispositivo aéreo não tripulado para perto de Taiwan, no mar do Sul da China, nesta terça-feira (7), informou o think tank chinês Iniciativa de Sondagem da Situação Estratégica do Mar do Sul da China (SCSPI, na sigla em inglês).

    Taiwan se tem comportado como território independente desde 1949, contudo, o gigante asiático vê a ilha como parte de seu território nacional, e se opõe a qualquer Estado que reconheça a suposta soberania taiwanesa.

    Cerca de cinco aeronaves de reconhecimento dos EUA foram avistadas sobre o mar do Sul da China em 7 de setembro, um dia após a entrada do [porta-aviões] USS Carl Vinson na região.

    Os EUA, por seu lado, não reconhecem Taiwan como nação soberana, mas mantêm relações informais com a ilha.

    A política oficial de Pequim prevê uma unificação pacífica de Taiwan com a China continental, pelo que as autoridades chinesas têm participado de várias conversações com as autoridades do território autogovernado para esse fim.

    No entanto, apesar de Taipé afirmar querer diálogo com Pequim, não pode aceitar a proposta de "um país, dois sistemas".

    Mais:

    Reino Unido decidiu não desafiar águas territoriais chinesas no mar do Sul da China, diz Pequim
    Vice-presidente dos EUA acusa China de 'coagir e intimidar' países do mar do Sul da China
    Mídia: tropas da China em alerta máximo durante passagem de navios dos EUA pelo estreito de Taiwan
    Tags:
    Taiwan, China, EUA, reconhecimento, think tank, Mar do Sul da China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar